IBOPE

That ’90s Show tem estreia morna no ranking de audiência da Netflix

Veja os números iniciais marcados pelo spin-off de That '70s Show
DIVULGAÇÃO/NETFLIX
Callie Haverda (à esq.) com Ashley Aufderheide em That '90s Show
Callie Haverda (à esq.) com Ashley Aufderheide em That '90s Show

Nem fria nem quente. A estreia da comédia That ’90s Show no ranking semanal de audiência da Netflix foi morna. Na lista top 10 divulgada nesta terça-feira (24), o spin-off da popular That ’70s Show cravou um quinto lugar, com 41,08 milhões de horas assistidas em todo o mundo, registrados em quatro dias, entre quinta-feira passada (19, data da estreia) e domingo (22).

O dado aferido pela própria Netflix não chega perto das quase 100 milhões de horas acumuladas semanalmente pela terceira temporada de Emily em Paris, mas é muito mais do que a flopada Blockbuster, que sequer entrou no top 10 semanal (comparações com duas comédias recentes). 

Uma análise mais certeira sobre a performance de That ’90s Show virá na semana que vem, quando poderá ser feita uma aferição direta com essa arrancada inicial.

That ’90s Show foi top 10 em 35 países, sendo a atração de língua inglesa mais vista somente no Canadá. Não apareceu no ranking de nenhuma nação da América do Sul, mas conseguiu um espaço nas listas dos Estados Unidos, do Reino Unido, da Alemanha, da Austrália, entre outras.

Esse ranking top 10 semanal da Netflix é um dos fatores que compõem a fórmula que a Netflix usa para cancelar uma série ou renová-la. O principal peso na balança oposto ao desempenho no ibope é o custo da produção. O ideal, como revelado pelo chefão da plataforma, Ted Sarandos, é ter um equilíbrio. 

Se a atração custa caro e marca audiência baixa, vai ser cancelada. Por sua vez, uma série baratinha pode seguir em frente se conseguir atingir um público razoável.

Leia a crítica do Diário de Séries sobre That ’90s Show

That ’90s Show é ambientada em 1995. Leia Forman (Callie Haverda), filha de Eric (Topher Grace) e Donna (Laura Prepon), vai passar as férias em Point Place com a avó Kitty (Debra Jo Rupp), sempre cuidadosa e maternal, e o avô Red (Kurtwood Smith), eternamente rigoroso e vigilante. Durante o verão, Leia conhece a nova geração de adolescentes e descobre que o lema “sexo, drogas e rock’n’roll” nunca morre… só muda de roupa.


Acompanhe o Diário de Séries no Google Notícias.

Siga nas redes

Fale conosco

Compartilhe sugestões de pauta, faça críticas e elogios, aponte erros… Enfim, sinta-se à vontade e fale diretamente com a redação do Diário de Séries. Mande um e-mail para:
contato@diariodeseries.com.br
magnifiercross
error: Conteúdo protegido!