TOPO

Novamente atacada, Emily em Paris retorna liderando ibope da Netflix

Comédia romântica é alvo constante de haters que destilam comentários negativos
DIVULGAÇÃO/NETFLIX
Lily Collins na 3ª temporada de Emily em Paris
Lily Collins na 3ª temporada de Emily em Paris

A comédia Emily em Paris, indicada ao Emmy, voltou à Netflix com a terceira temporada, que estreou na última quarta-feira (21). E logo no primeiro dia de disponibilidade, a leva colocou a série na liderança do ranking top 10 diário, no Brasil. A atração protagonizada por Lily Collins está novamente sob ataque, sendo alvo de críticas negativas. Pelo jeito, parece que o público está gostando e enxerga a situação de maneira diferente dos haters.

Apesar da meiguice, Emily em Paris tem casca grossa para seguir em frente após receber ofensivas, a cada temporada, que rotulam a série de fraca, preguiçosa, não merecedora de tanto destaque… Se a comédia continuar no topo, batendo coirmãs como Recruta, drama de espionagem encabeçado pelo queridinho Noah Centineo, tudo estará bem para a Netflix.

Na atual terceira temporada, Emily (Lily) completa um ano que se mudou de Chicago para Paris. Agora ela precisa tomar algumas decisões importantes em praticamente todos os aspectos de sua vida. 

Duas trajetórias muito diferentes surgem diante dela. Seguir adiante em uma delas significa deixar a outra para trás. Isso também vai afetar não só sua carreira e a vida romântica, como também o próprio futuro de Emily na França. Mesmo dentro desse turbilhão, ela continua vivendo novas aventuras e sendo surpreendida pela vida em Paris.


Acompanhe o Diário de Séries no Google Notícias.

Siga nas redes

Fale conosco

Compartilhe sugestões de pauta, faça críticas e elogios, aponte erros… Enfim, sinta-se à vontade e fale diretamente com a redação do Diário de Séries. Mande um e-mail para:
contato@diariodeseries.com.br
magnifiercross
error: Conteúdo protegido!