CONEXÃO LA-NY

O detalhe que pode ligar a nova Suits com personagens da trama original

Conheça a premissa do drama jurídico estrelado por Stephen Amell
DIVULGAÇÃO
Stephen Amell em Arrow (à esq.); Gabriel Macht e Sarah Rafferty em Suits
Stephen Amell em Arrow (à esq.); Gabriel Macht e Sarah Rafferty em Suits

O que a nova Suits tem a ver com a atração original? A premissa de Suits L.A. apresenta um detalhe que pode servir de ligação com personagens da série mãe, traço no roteiro que justificaria ambas as atrações estarem situadas no mesmo mundo, por mais que contem com elencos diferentes e ambientadas em lugares distintos: nova Suits em Los Angeles, Suits original em Nova York.

O protagonista de Suits L.A. chama-se Ted Black, papel dado a Stephen Amell (astro de Arrow). A sinopse do drama jurídico aponta que Ted foi, há quinze anos, um promotor federal na cidade de Nova York. Na linha do tempo da narrativa, esse é o mesmo período em que Harvey Specter (Gabriel Macht) e Donna Paulsen (Sarah Rafferty) trabalharam na promotoria pública de New York. 

Eis, então, o ponto no qual ambas as tramas podem se conectar. Facilmente Suits L.A. tem como criar uma conexão entre Ted e Harvey-Donna, com eles sendo amigos ou conhecidos desde aqueles tempos em Nova York, até que os caminhos da carreira na advocacia provocaram a separação. Suits L.A. vai ter flashbacks e pode usar o recurso para mostrar essa relação do passado. 

Em Suits, Harvey foi trabalhar na promotoria pública de Nova York logo após a graduação em Direito na Universidade de Harvard, sendo incentivado por Jessica Pearson (Gina Torres) para ganhar experiência sobre tudo relacionado à vida no tribunal. Lá no escritório público, o jovem advogado conheceu Donna. 

Após cerca de dois anos de experiência como procurador, Harvey decidiu ir trabalhar com Jessica no escritório particular dela, o Pearson Hardman, tido como uma das três melhores firmas de advocacia de Nova York. Donna seguiu os passos dele.

Em Suits L.A., Ted Black, é um ex-promotor federal de Nova York que se reinventou enquanto representava clientes poderosos em Los Angeles. Sua firma está em um ponto de crise e, para sobreviver, ele deve assumir um papel que desempenhou com desprezo durante toda a sua carreira.

Ted está cercado por um grupo estelar de personagens que testam a lealdade, a Ted e uns aos outros, enquanto não conseguem evitar de misturar suas vidas pessoais e profissionais. Acrescentam-se a isso eventos de anos atrás que lentamente são revelados, levando Ted a abandonar tudo e todos que ele amava.

O protagonista de Suits L.A. é descrito como uma força carismática da natureza. Ele uniu forças com seu velho amigo, Stuart Lane, para construir um escritório de advocacia em Los Angeles de direito criminal e especializado no mundo do entretenimento.

Essa nova Suits não é um reboot (mesma história, outro elenco) ou revival (continuação da história). Está mais para um novo capítulo da série, ambientada em cidade diferente da original, com novos personagens. É aquele esquema de franquia expandida, tal qual CSI e NCIS, por exemplo.

O piloto (primeiro episódio) de Suits L.A. vai ser gravado no final de março. Se for aprovado, vira série na rede americana NBC.


Siga o Diário de Séries no WhatsApp

Acompanhe o Diário de Séries no Google Notícias

Siga nas redes

Fale conosco

Compartilhe sugestões de pauta, faça críticas e elogios, aponte erros… Enfim, sinta-se à vontade e fale diretamente com a redação do Diário de Séries. Mande um e-mail para:
contato@diariodeseries.com.br
magnifiercross
error: Conteúdo protegido!