FLOP

Rejeitada no Brasil, Santo é aceita pelo público da Espanha e de Portugal

Drama policial não estreou bem na Netflix
DIVULGAÇÃO/NETFLIX
Raúl Arévalo (à esq.) e Bruno Gagliasso em cartaz de Santo
Raúl Arévalo (à esq.) e Bruno Gagliasso em cartaz de Santo

A série Santo, estrelada por Bruno Gagliasso, foi rejeitada no Brasil. De acordo com o ranking semanal divulgado pela Netflix, o drama policial gravado na Espanha e em território tupiniquim não teve audiência suficiente para estar na lista das dez atrações mais vistas na plataforma, entre 12 e 18 de setembro. O vexame só não foi pior porque a trama foi aceita na Espanha e em Portugal.

Nos dois países ibéricos, Santo ficou no limite do ranking, na décima posição. A série repetiu a mesma colocação na Bahamas e apareceu um pouco melhor, no nono lugar, no Uruguai. Os três primeiros dias de disponibilidade do drama no catálogo foram levados em consideração.

Pegando o ranking diário brasileiro da Netflix, divulgado na própria plataforma, Santo teve um começo de semana bom, na quarta posição, tanto segunda como nesta terça-feira (20). A tendência é que a série entregue um rendimento melhor a seguir e estreie no top 10 semanal do Brasil daqui a sete dias.

De baixa qualidade, Santo tem um dos piores primeiros episódios de séries dos últimos tempos: sucessão de cenas confusas, cortadas subitamente e desconectadas. Bruno Gagliasso interpreta um policial brasileiro atrás do maior traficante de drogas do mundo. A investigação o leva até a Espanha, onde precisa deixar diferenças pessoais de lado em busca do objetivo maior: capturar o criminoso conhecido como Santo, que tem o rosto desconhecido.

Siga nas redes

Fale conosco

Compartilhe sugestões de pauta, faça críticas e elogios, aponte erros… Enfim, sinta-se à vontade e fale diretamente com a redação do Diário de Séries. Mande um e-mail para:
contato@diariodeseries.com.br
magnifiercross
error: Conteúdo protegido!