NEGÓCIOS

Por que The Big Bang Theory exaltou heróis da DC e ignorou a Marvel?

Personagens da comédia nerd até se fantasiaram de Liga da Justiça
DIVULGAÇÃO/CBS
Personagens da The Big Bang Theory fantasiados de Liga da Justiça
Personagens da The Big Bang Theory fantasiados de Liga da Justiça

Você já parou para pensar nisto: por que os personagens de The Big Bang Theory, claramente, preferiam os heróis da DC ao invés dos ícones da Marvel? Cheio de encenações baseadas em situações reais da cultura pop, a comédia nerd líder de audiência e sucesso mundial pouco citou Os Vingadores e sua turma, mesmo sendo exibida durante a explosão de filmes blockbusters da Marvel. Na base dessa curiosidade está o onipresente conflito de interesse.

Claro que gosto não se discute e os personagens de The Big Bang Theory poderiam ter qualquer tipo de afinidade. Mas para uma série permeada pelo mundo geek, com direito a cosplay, quadrinhos e tudo mais, é estranho notar que a Marvel simplesmente passou batida.

A sitcom citou de tudo ao longo dos 279 episódios, até explorando as narrativas e produtos de Star Wars e Star Trek. Contudo, os filmes do MCU (Universo Cinematográfico da Marvel) não tiveram espaço. Vale o lembrete: The Big Bang Theory foi ao ar entre 2007 e 2019, pegando as três primeiras fases do MCU; 23 filmes da Marvel foram lançados nesse período, sendo quatro do grupo de heróis Os Vingadores, todos bombando nas bilheterias.

Quando Sheldon (Jim Parsons) e os amigos toparam entrar em um concurso de fantasia promovido pela loja de Stuart (Kevin Sussman), por exemplo, eles se vestiram de Liga da Justiça. Sheldon foi o Flash, herói preferido dele (vide as camisetas marcantes). 

Sheldon (Jim Parsons) com camisetas de Flash e Lanterna Verde, heróis da DC
Sheldon (Jim Parsons) com camisetas de Flash e Lanterna Verde, heróis da DC

Embora Stan Lee, “pai” dos principais heróis da Marvel, tenha participado de The Big Bang Theory e ser um dos ídolos de Sheldon, suas criações foram citadas poucas vezes. O nerd até demonstrava apreço pelo Hulk, mas sem tanta empolgação.

Leonard (Johnny Galecki) gostava tanto do Superman que até a senha dele era inspirada no Homem de Aço. A intimidade com a DC era tanta que até era permitida a eterna zoeira sobre o quanto o Aquaman é sem graça.

Essa intimidade tem razão de ser. The Big Bang Theory foi produizada pelos estúdios de televisão da Warner Bros., pertencente ao grupo Warner Bros. Discovery, que é dono da… DC. Logo, a vitrine de milhões da comédia foi usada ao máximo possível para promover os heróis da DC, que precisavam desse empurrão contra o canhão da Marvel.

A Marvel teve presença protocolar em The Big Bang Theory para manter o mínimo de verossimilhança, com menções pontuais. De fato, é esquisito fazer uma retrospectiva da série e perceber que os personagens não se empolgaram tanto assim com Os Vingadores e companhia. 

A cápsula do tempo da atração não registrou o impacto estrondoso da Marvel na cultura pop, o preço da rivalidade a ser pago no competitivo mundo do entretenimento.


Acompanhe o Diário de Séries no Google Notícias.

Siga nas redes

Fale conosco

Compartilhe sugestões de pauta, faça críticas e elogios, aponte erros… Enfim, sinta-se à vontade e fale diretamente com a redação do Diário de Séries. Mande um e-mail para:
contato@diariodeseries.com.br
magnifiercross
error: Conteúdo protegido!