REPROVADA

Paramount+ é alvo de críticas por dublagem estilo Tela Class de Tulsa King

Série protagonizada por Sylvester Stallone ganhou uma versão brasileira bem ruim
REPRODUÇÃO/PARAMOUNT
Sylvester Stallone em cena de Tulsa King
Sylvester Stallone em cena de Tulsa King

O Paramount+ liberou o primeiro episódio de Tulsa King, no YouTube, para o público começar a assistir de graça a elogiada série protagonizada por Sylvester Stallone. O que seria um momento de celebração virou palco para criticar a versão brasileira bem abaixo da média do drama gângster. Com razão, a dublagem está sendo comparada ao programa Tela Class, do grupo humorístico Hermes e Renato, que propositadamente fazia dublagens fora do padrão para criar momentos cômicos usando filmes trashes.

A caixa de comentários do primeiro episódio de Tulsa King, que vai ficar disponível no YouTube do Paramount+ desta sexta (6) até a semana que vem (13), lotou de reclamações sobre a dublagem. 

“Série boa, dublagem horrível. Inflexões erradas, as vozes não se encaixam”, escreveu um internauta. “Que dublagem pavorosa”, comentou outro. “Série muito boa, mas a dublagem está bem ruim. Não apenas do [Sylvester] Stallone… [A dublagem] está ruim em quase todos os personagens”, decretou mais um espectador.

A chiadeira ecoa uma revolta presente em outras redes sociais, como no Twitter. Um ponto que aparece nessa discussão é a voz de Sylvester Stallone, que nos cinemas brasileiros foi eternizada pelo dublador Luiz Feier Motta. Seja qual for a produção, do cinema ou da TV, é praxe repetir a voz brasileira de atores hollywoodianos consagrados para não provocar estranheza no público.

O caso fica pior porque em materiais de divulgação do Paramount+, a voz do Stallone em Tulsa King é de Luiz Feier Motta, gravada no Brasil. Mas a que está no streaming é outra, dos estúdios Point.360, situado no Estado da Califórnia (EUA). A voz de Stallone ficou com o desconhecido Sebastian Zancanaro. 

A tal estranheza chegou ao ponto de ter sido aberta uma reclamação no site Reclame Aqui, voltado para clientes opinarem sobre a qualidade de serviços e atendimentos de empresas.

O canal Dublando e Redublando, no YouTube, fez uma montagem bem didática para explicitar a diferença das duas dublagens, aquela com Motta e a dos episódios disponíveis no Paramount+. Veja e ouça você mesmo:

Confira algumas reclamações sobre a dublagem brasileira de Tulsa King:


Acompanhe o Diário de Séries no Google Notícias.

Siga nas redes

Fale conosco

Compartilhe sugestões de pauta, faça críticas e elogios, aponte erros… Enfim, sinta-se à vontade e fale diretamente com a redação do Diário de Séries. Mande um e-mail para:
contato@diariodeseries.com.br
magnifiercross
error: Conteúdo protegido!