ACLAMADA PELO PÚBLICO

O feito raro de Flash no Brasil: sucesso na TV (aberta e paga) e no streaming

Nona e última temporada da série estreia nesta quinta (23), na Warner
DIVULGAÇÃO/THE CW
Grant Gustin na 9ª temporada de Flash
Grant Gustin na 9ª temporada de Flash

A nona e última temporada de Flash estreia na Warner Channel, nesta quinta-feira (23), às 22h30. Chega ao fim o ciclo de uma série que foi sucesso absoluto no Brasil por onde passou, seja na própria Warner (TV paga), na TV aberta (Globo) e no streaming (Netflix), um feito bastante raro. Sem contar a popularidade atingida no mundo da pirataria.

Nos Estados Unidos, Flash estreou em outubro de 2014, atração da rede The CW. Lá, foi a maior estreia de uma série da emissora em cinco anos, desde o lançamento de The Vampire Diaries. No Brasil, o drama do Velocista Escarlate chegou primeiro na Warner, até com um intervalo pequeno em relação aos EUA, de apenas 12 dias.

Temporada após temporada, a série colocou a Warner na liderança e elevou o ibope do canal, chegando a quadruplicar a audiência. Flash se tornou um produto seguro e de ponta na Warner Channel, mesmo em uma época com concorrência interna forte, brigando pelo topo com a coirmã Arrow e a comédia The Big Bang Theory.

A trama do “homem mais rápido do mundo” entrou na grade da Globo em junho de 2015, com exibição diária, coladinha ao Programa do Jô. Durante o período no qual a emissora carioca exibia séries americanas na madrugada, também depois do Jornal da Globo, Flash era uma das que entregava os melhores desempenhos, estabelecendo liderança consolidada no ibope.

Quando passou a ter disponibilidade na Netflix, a série continuou a impressionar com bons números de audiência. E isso apesar de os episódios serem considerados reprises das reprises, após exibições na Warner e Globo. As duas temporadas mais recentes (sétima e oitava) cravaram espaço no ranking top 10 da plataforma.

Vale mencionar o fato de a trama mais longeva do Arrowverse ser popular entre os piratas da internet, e isso disputando com séries de peso. No final da década passada, Flash aparecia entre as séries mais pirateadas ao lado de The Walking Dead, Game of Thrones e Westworld, por exemplo.

9ª temporada de Flash

O palco está armado para a leva final, que será mais curta do que as anteriores, composta de apenas 13 episódios (a contagem variava de 18 a 23 capítulos).

Grant Gustin, na pele do herói Flash/Barry Allen, estará de volta no papel principal. Do elenco original, Candice Patton e Danielle Panabaker estão confirmadas. Jesse L. Martin, por já ter firmado compromisso com outra série, dará as caras em poucos capítulos; cinco, no mínimo.

Nessa nona e última temporada, Flash vai resgatar personagens que já passaram pela atração anteriormente, tática comum de séries na leva de despedida. Uma das principais participações especiais confirmadas é o retorno de Stephen Amell na pele de Oliver Queen, o herói Arqueiro Verde

Ele juntará forças novamente com Barry Allen no nono episódio, que também contará com o retorno de personagens queridos do Arrowverse, como John Diggle/Espartano (David Ramsey) e Wally West/Kid Flash (Keiynan Lonsdale).


Acompanhe o Diário de Séries no Google Notícias.

Siga nas redes

Fale conosco

Compartilhe sugestões de pauta, faça críticas e elogios, aponte erros… Enfim, sinta-se à vontade e fale diretamente com a redação do Diário de Séries. Mande um e-mail para:
contato@diariodeseries.com.br
magnifiercross
error: Conteúdo protegido!