TABU

Desejo Obsessivo: Netflix desafia o pudor com trama erótica proibida

Baseada em livro de 30 anos atrás, narrativa explora relação sexual entre nora e sogro
DIVULGAÇÃO/NETFLIX
Richard Armitage (à esq.), Charlie Murphy e Rish Shah em Desejo Obsessivo
Richard Armitage (à esq.), Charlie Murphy e Rish Shah em Desejo Obsessivo

A Netflix lança, nesta quinta-feira (13), o suspense erótico Desejo Obsessivo, minissérie de quatro episódios. A trama erótica desafia o pudor ao apresentar um romance proibido e altamente sexualizado entre nora e sogro. O drama picante tem como base o livro Damage, de 1991, que inspirou o também polêmico filme Perdas e Danos (1992).

Em Desejo Obsessivo, a aventura tabu ocorre entre William Farrow (Richard Armitage), um cirurgião talentoso, e Anna Barton (Charlie Murphy), noiva de seu filho, Jay (Rish Shah). A relação, calcada em um desejo proibido, acaba virando uma obsessão perigosa com consequências devastadoras para toda a família. Indira Varma, ex-Game of Thrones, também está no elenco como Ingrid, mulher de William.

A Netflix não é novata no terreno do erotismo, produzindo filmes e séries de toda a natureza dentro desse gênero, sempre flertando com o limite do pudor. A empresa só investe nesse nicho por uma razão óbvia: os assinantes gostam bastante, sempre colocando tais atrações em destaque nos rankings top 10, seja de TV ou filme.

O curioso é uma aposta em um relacionamento visto pela sociedade como tabu, ainda mais tendo como base um livro publicado três décadas atrás. Na adaptação, para encaixar a narrativa em um mundo contemporâneo, a roteirista Morgan Lloyd Malcolm mudou a perspectiva dos personagens.

No livro, assim como no filme, Anna é retratada pelo ponto de vista masculino. Ou seja, é a visão de uma mulher sedutora que destrói um casamento, deixa uma família arruinada e depois desaparece. O propósito da personagem é servir os homens da história.

Morgan procurou construir Anna de outra forma na minissérie, revelando mais camadas além da segunda dimensão. O foco principal da roteirista foi mergulhar na personalidade da personagem e descobrir os motivos de ela agir de determinado jeito. É ressaltar os porquês e não apenas narrar o que ela faz.

Uma terapeuta serviu de consultora para auxiliar no desenvolvimento de Anna. Se a personagem deixar o telespectador confuso sobre as motivações dela, o objetivo foi atingido. A intenção é justamente criar um conflito em relação às atitudes de Anna.

Charlie Murphy e Richard Armitage em Desejo Obsessivo
Charlie Murphy e Richard Armitage em Desejo Obsessivo

O sexo em Desejo Obsessivo

O BDSM (Bondage, Disciplina/Dominação, Submissão/Sadismo e Masoquismo) é o que sustenta a relação de William e Anna em Desejo Obsessivo. Embora tenha o tabu nora-sogro no cerne do relacionamento, o sexo é retratado como respeitoso e consensual, com Anna sendo a submissa, mas ao mesmo tempo a parceira que está no controle, o que a deixa empoderada.

Não é o sexo em si a fonte causadora de problemas entre Anna e William. Porque nesse quesito, a segurança impera, tudo feito de forma saudável. A bronca é a consequência da conexão amorosa entre ambos. É certo que o caso vai gerar dor de cabeça das grandes. A questão é saber o que será feito disso.

Como é praxe nas produções atuais, uma coordenadora de intimidade gerenciou todas as cenas de nudez e sexo, garantindo o conforto e a confiança dos atores. Nada indica que houve situações embaraçosas nem invasivas. Diferentemente do que ocorreu no filme.

Perdas e Danos foi protagonizado por Jeremy Irons e Juliette Binoche (que em um dos cartazes do filme aparecem nus, com os corpos entrelaçados). Publicamente, Juliette (a Anna na trama do longa) falou que não gostou nada de fazer as cenas de sexo, além do fato de não ter tido uma boa relação com Irons durante as filmagens.


Acompanhe o Diário de Séries no Google Notícias.

Siga nas redes

Fale conosco

Compartilhe sugestões de pauta, faça críticas e elogios, aponte erros… Enfim, sinta-se à vontade e fale diretamente com a redação do Diário de Séries. Mande um e-mail para:
contato@diariodeseries.com.br
magnifiercross
error: Conteúdo protegido!