DIVA NO GRAMADO

Astro do futebol em Ted Lasso, Zava é cópia de Zlatan Ibrahimović

Novo craque da comédia da Apple é interpretado por Maximilian Osinski, ex-Agents of Shield
DIVULGAÇÃO/APPLE TV+
Maximilian Osinski na 3ª temporada de Ted Lasso
Maximilian Osinski na 3ª temporada de Ted Lasso

Campeão e artilheiro pelos (vários) times que defendeu, ego tão grande quanto o talento com a bola no pé, comportamento excêntrico, adorado por fãs ao redor do mundo… Essa pode ser a descrição de Zlatan Ibrahimović, um dos nomes mais destacados do futebol mundial neste século. Mas trata-se de Zava (Maximilian Osinski), o novo personagem de Ted Lasso.

No terceiro episódio da terceira temporada da comédia, lançado nesta quarta-feira (29) no Apple TV+, o público conheceu um pouco mais do craque fictício, praticamente todo baseado em Ibra, como o atual jogador do Milan é conhecido. O ator escolhido pelo papel, ex-Agents of Shield, tem um físico bem parecido ao fazedor de gols da vida real, dos músculos ao corte de cabelo.

A esperança é que Zava injete ânimo em Ted Lasso. Após ficar livre no mercado, clubes do futebol inglês fizeram fila para contratá-lo, apesar de ser considerado uma “diva” (pessoa de difícil relação fora das quatro linhas) e acumular passagens relâmpagos: 14 clubes em 15 anos. Em contrapartida, ele deixa para trás gols e troféus, com um pequeno caos como efeito colateral.

Ele acaba escolhendo o AFC Richmond por, além de ter gostado da postura arrojada da presidente Rebecca (Hannah Waddingham), ser um desafio para a carreira: jogar em uma equipe recém-promovida à primeira divisão do futebol inglês.

Toda essa magia de “diva”, realmente, rejuvenesce a série Ted Lasso. Segundo Brendan Hunt, o treinador Beard, que também é um dos criadores da série, Zava chega para justamente imprimir essa personalidade “das divas mais exuberantes” do esporte, conforme disse em entrevista à revista The Hollywood Reporter.

Ele confirmou que Zava “é muito” inspirado em  Zlatan Ibrahimović, “uma das figuras mais lunáticas abençoadas por Deus que temos por aí.”

Por sua vez Maximilian Osinski procurou estudar a personalidade de Ibra e outros atletas da mesma vibe, como Eric Cantona. “Eu vi entrevistas e também li muitos livros para entender como são esses jogadores o tempo todo, tanto no campo quanto no vestiário. Por que eles são assim? Como são percebidos e como deixam que a imprensa os veja?

Por enquanto, os jogadores do AFC Richmond o idolatram e jogam em função dele. Somente Jamie Tartt (Phil Dunster), o talentoso (mas também egocêntrico) atacante, está ressabiado por ter sido jogado para escanteio. No final das contas, Zava corresponde às expectativas, faz golaços atrás de golaços, e ajuda o time a chegar no topo da tabela, contradizendo as previsões da pré-temporada.


Acompanhe o Diário de Séries no Google Notícias.

Siga nas redes

Fale conosco

Compartilhe sugestões de pauta, faça críticas e elogios, aponte erros… Enfim, sinta-se à vontade e fale diretamente com a redação do Diário de Séries. Mande um e-mail para:
contato@diariodeseries.com.br
magnifiercross
error: Conteúdo protegido!