DESFALQUE

Superstore é removida da Netflix; comédia fica sem streaming no Brasil

Série também vai deixar o Prime Video
DIVULGAÇÃO/NBC
Ben Feldman com America Ferrera na sitcom Superstore
Ben Feldman com America Ferrera na sitcom Superstore

A comédia Superstore foi removida da Netflix. Assim, a sitcom entra no vácuo e fica sem streaming no Brasil. No Prime Video, só uma única temporada está no catálogo (a quinta), leva essa que deixará a plataforma da Amazon no próximo dia 14. A produção da NBCUniversal está livre no mercado para quem quiser adquiri-la, pois o streaming do conglomerado, o Peacock, não está disponível em território tupiniquim.

Mesmo trafegando fora do radar, Superstore é uma atração importante na guerra dos streamings. A sitcom ambientada dentro de um hipermercado tem mais de cem episódios (113, espalhados em seis temporadas), número que enche os olhos por gerar a possibilidade de engajamento durante um longo período de tempo. Fora que sitcoms são sempre atrativas pelo fato de o público gostar de ver o mesmo episódio várias vezes.

Atrações da NBCUniversal geralmente vão parar no canal Universal, na TV paga (não é o caso de Superstore). No mundo dos streamings, produções do conglomerado estão por toda a parte, como La Brea (Globoplay), Bel-Air (Star+), A Idade Dourada (HBO), entre outras.

Exibida originalmente entre 2015 e 2021, Superstore é criação de Justin Spitzer (Scrubs). A narrativa acompanha um grupo de funcionários do Cloud 9, hipermercado fictício localizado na cidade de Saint Louis (EUA). No elenco estão nomes tipo America Ferrera, Ben Feldman, Lauren Ash, Nico Santos e Colton Dunn, que atualmente pode ser visto na série Recruta, da Netflix.


Acompanhe o Diário de Séries no Google Notícias.

Siga nas redes

Fale conosco

Compartilhe sugestões de pauta, faça críticas e elogios, aponte erros… Enfim, sinta-se à vontade e fale diretamente com a redação do Diário de Séries. Mande um e-mail para:
contato@diariodeseries.com.br
magnifiercross
error: Conteúdo protegido!