DECISÃO ATÍPICA

Shantaram é a primeira série cancelada pelo Apple TV+ em 14 meses

Suspense gravado na Ásia e Oceania teve o protagonismo de Charlie Hunnam
REPRODUÇÃO/APPLE TV+
Charlie Hunnam (ex-Sons of Anarchy) em Shantaram
Charlie Hunnam (ex-Sons of Anarchy) em Shantaram

O Apple TV+ cancelou o suspense Shantaram após uma única temporada. É apenas a primeira série que o streaming da Apple cancela em 14 meses. A última produção suspensa foi Mr. Corman, em outubro do ano passado. Assim, o capítulo desta sexta-feira (16) de Shantaram, que seria o último da primeira temporada, ficará registrado como o derradeiro da atração.

Lançado em novembro de 2019, o Apple TV+ se consolidou como uma plataforma com poucos cancelamentos. A esmagadora maioria dos projetos aprovados pelo streaming ganham novas temporadas. E se a diretoria resolver acabar com alguma série, é dada a oportunidade de finalizá-la da maneira mais apropriada.

Aqui vale distinguir o que é ou não um cancelamento de série. O caso de Shantaram exemplifica o que é uma produção cancelada: o projeto é abortado sem conclusão, deixando histórias pendentes. Uma atração que termina nos próprios termos, não importa quantas temporadas tiver, não é considerada “cancelada” (há exceções).

Em 2022, o Apple TV+ renovou 14 séries. Shantaram é o único cancelamento.

Nos corredores do Apple TV+, as conversas giravam em torno de que Shantaram teria três temporadas. Contudo, a série foi recebida com frieza pela mídia e gerou pouco engajamento entre o público. Além disso, a produção da série foi bastante cara e complexa, com gravações na Índia, Austrália e Tailândia. Isso pesou bastante na tomada de decisão. A primeira temporada, por exemplo, demorou mais de dois anos para ficar pronta.

Protagonizada por Charlie Hunnam, ex-Sons of Anarchy, Shantaram usou como base o livro homônimo escrito por Gregory David Roberts, lançado em 2003 e que já vendeu mais de 2 milhões de cópias; no Brasil, a obra é publicada pela editora Intrínseca.

Os acontecimentos em Shantaram foram inspirados na vida do próprio autor do livro. O personagem central chama-se Lin (Charlie Hunnam), um fugitivo que tenta sumir no meio da vibrante e caótica cidade indiana de Bombaim (hoje Mumbai), na década de 1980.

Lin fugiu de um presídio de segurança máxima na Austrália. Ele escondeu-se na Índia e passou a trabalhar como falsificador, contrabandista, traficante de armas e soldado da máfia local.

Sozinho em uma cidade desconhecida, Lin luta para evitar problemas antigos e novos. Depois de se apaixonar por uma mulher enigmática e intrigante, chamada Karla (Radhika Apte), ele deve optar entre liberdade ou amor e as complicações que vêm com a escolha.


Acompanhe o Diário de Séries no Google Notícias.

Siga nas redes

Fale conosco

Compartilhe sugestões de pauta, faça críticas e elogios, aponte erros… Enfim, sinta-se à vontade e fale diretamente com a redação do Diário de Séries. Mande um e-mail para:
contato@diariodeseries.com.br
magnifiercross
error: Conteúdo protegido!