NÃO PASSOU DE ANO

Série com Courteney Cox, Shining Vale é cancelada após duas temporadas

No Brasil, comédia de terror fez parte do catálogo do Lionsgate+
DIVULGAÇÃO/STARZ
Courteney Cox na série Shining Vale
Courteney Cox na série Shining Vale

A comédia de terror Shining Vale foi cancelada após duas temporadas, pelo canal americano Starz. Protagonizada por Courteney Cox, a Monica de Friends, a série não foi apenas terminada: ela será retirada por completo das plataformas de streaming e do canal, ao final do mês, visando corte de gastos. No Brasil, Shining Vale fez parte do catálogo do streaming Lionsgate+ e, provavelmente, não estará disponível na nova plataforma MGM+, turbinada com o conteúdo do Lionsgate.

O cancelamento se deu porque a série não encontrou uma audiência suficientemente robusta que justificasse o investimento em uma terceira leva de episódios. A divisão de TV da Warner Bros., coprodutora da comédia, até que tentou vendê-la no mercado, sem sucesso. Assim, o último episódio da segunda temporada, lançado nos Estados Unidos no último dia 1º, serve como o término da trama.

Em Shining Vale, Courteney Cox interpretou Patricia “Pat” Phelps, famosa autora de um romance sexualmente explícito. Ela foi pega traindo o marido e precisou mudar com a família toda para uma cidade pequena. 

O novo lar é um lugar onde, no passado, aconteceram atrocidades terríveis. Ninguém suspeita de nada estranho, exceto Pat, convencida de que está deprimida ou possuída. Logo, os demônios que assombram a nova casa começam a parecer muito mais reais.

Participaram do elenco nomes como Mira Sorvino (Condor), Greg Kinnear (Você) e Judith Light (Transparent).


Siga o Diário de Séries no WhatsApp

Acompanhe o Diário de Séries no Google Notícias

Siga nas redes

Fale conosco

Compartilhe sugestões de pauta, faça críticas e elogios, aponte erros… Enfim, sinta-se à vontade e fale diretamente com a redação do Diário de Séries. Mande um e-mail para:
contato@diariodeseries.com.br
magnifiercross
error: Conteúdo protegido!