HIGH-TECH

Percy Jackson: como ator gravou cenas do centauro com cavalo de verdade

Glynn Turman recebeu o papel de Quíron, fundamental para o andamento da trama
REPRODUÇÃO/DISNEY+
Glynn Turman em cena de Percy Jackson e os Olimpianos
Glynn Turman em cena de Percy Jackson e os Olimpianos

Vencedor de Emmy por In Treatment (Sessão de Terapia), o veterano ator Glynn Turman, de 76 anos, ganhou um papel-chave em Percy Jackson e os Olimpianos, nova série teen do Disney+. Ele interpreta Quíron, criatura da mitologia grega que é um centauro, metade homem e metade cavalo; na versão humana é o professor Sr. Bunner. Durante as gravações na pele de Quíron, Turman esteve em cima de um cavalo de verdade.

O mais interessante dessa história, que acabou sendo uma benção para a produção, é o fato de o ator não apenas amar cavalos, mas ter um acampamento no qual ensina crianças a andar de cavalo. Caso contrário, a tarefa de entrosamento entre o animal e o ator seria bem árdua.

Em entrevista ao site TV Insider, Turman brincou que é dono do seu “acampamento Meio-Sangue”, pois até arco-e-flecha é ensinado no rancho, que abre as portas, de graça, para adolescentes e jovens de periferia e que estão em situação precária. O acampamento, chamado de Gid D Up, existe desde 1992, perto de Los Angeles, na Califórnia (EUA). “Não sei se eu era a arte imitando a vida ou a vida imitando a arte”, falou sobre sua escalação em Percy Jackson.

Na busca por um ator para interpretar Quíron, os criadores da série do Disney+, Rick Riordan e Jonathan E. Steinberg, gostaram bastante de Turman. Mas precisavam saber de uma coisa antes de fechar… Eles não sabiam que o ator tinha toda essa habilidade e experiência com cavalos

Quando a dupla entrou em contato com a equipe que representa o ator para descobrir se ele se sentiria confortável andando a cavalo nas cenas, risadas escaparam no sentido de “aguarde que você verá.”

“O cavalo com o qual eles me juntaram foi fantástico”, falou Turman sobre seu parceiro de quatro patas. “Nós nos demos bem imediatamente. Gostávamos um do outro, o que é importante. Isso tornou tudo muito divertido, muito divertido. Eu estava bastante confortável.”

Aquele truque básico de Hollywood entrou em campo para tornar o personagem imponente como um centauro. O ator vestiu, da cintura para cima, a roupa que vemos na série. Mas ele usou calças azuis para que a equipe de efeitos especiais pudesse editar no computador suas pernas, retirando-as de cena, assim como a cabeça e o pescoço do cavalo.

Com tanta experiência como ator, iniciada em 1961, aos 14 anos, Glynn Turman confessou que nunca tinha visto antes uma qualidade de efeitos especiais tão fora do comum, “de pirar a cabeça”, disparou. Tudo foi realizado em um estúdio de última geração, com paredes de led ao invés daquela tela verde gigante (chroma key).

A série Percy Jackson e os Olimpianos, baseada na coleção homônima (atualmente) composta de seis livros, do autor Rick Riordan, conta a fantástica história do semideus moderno de 12 anos, Percy Jackson (Walker Scobell), que está começando a aceitar seus poderes divinos recém-descobertos quando Zeus o acusa de roubar seu raio mestre. Com a ajuda de amigos, Percy deve embarcar em uma grande aventura para encontrar o raio e restaurar a ordem no Olimpo.

A missão é perigosa. Filho de um deus grego com uma humana, Percy enfrenta monstros e engana deuses em uma jornada pelos Estados Unidos para devolver o raio mestre de Zeus e impedir uma guerra iminente.

Novos episódios de Percy Jackson entram no Disney+, às terças (são oito, no total).


Siga o Diário de Séries no WhatsApp

Acompanhe o Diário de Séries no Google Notícias

Siga nas redes

Fale conosco

Compartilhe sugestões de pauta, faça críticas e elogios, aponte erros… Enfim, sinta-se à vontade e fale diretamente com a redação do Diário de Séries. Mande um e-mail para:
contato@diariodeseries.com.br
magnifiercross
error: Conteúdo protegido!