BASQUETE

Kate Hudson volta à TV como protagonista de comédia esportiva da Netflix

Trama da série é inspirada na vida de Jeanie Buss, presidente do Los Angeles Lakers
DIVULGAÇÃO/APPLE TV+
Kate Hudson na série Truth Be Told
Kate Hudson na série Truth Be Told

Indicada ao Oscar e vencedora do Globo de Ouro, Kate Hudson foi escalada como protagonista de uma série da Netflix. Ela vai liderar a mais nova comédia da gigante do streaming, criada por Mindy Kaling (Eu Nunca…), ainda sem título definido. A trama segue os passos de Isla Gordon (Kate), que inesperadamente é alçada ao posto de chefe dos negócios da família. Sua missão: administrar um famoso time de basquete profissional dos Estados Unidos.

Kate Hudson volta à TV após uma boa passagem, em 2022, pela segunda temporada do drama investigativo Truth Be Told (Apple TV+). Ela liderou a história ao lado de Octavia Spencer. Em seu currículo consta uma participação em Glee (2009-2015), interpretando a professora de dança Cassandra July. 

Nome clássico de comédias românticas tipo Sessão da Tarde, Kate apareceu para Hollywood em Quase Famosos (2000), filme pelo qual conseguiu impressionantes 29 indicações nas mais diversas premiações.

Composta de dez episódios, a nova comédia da Netflix chega para mostrar um outro lado do mundo competitivo do basquete. Isla, a única irmã numa família de irmãos, é ambiciosa e muitas vezes esquecida. Mas quando um de seus irmãos é forçado a renunciar ao cargo de presidente do time Los Angeles Waves, ela é nomeada em seu lugar. 

Agora dentro dos negócios da família, ela terá que provar aos seus irmãos céticos, ao conselho e à comunidade esportiva em geral que foi a escolha certa para o trabalho. Isso no cenário imprevisível dos esportes, majoritariamente dominado e chefiado por homens.

Anunciada há mais de dois anos, a série é inspirada na vida de Jeanie Buss, presidente do Los Angeles Lakers (NBA); ela tem participação como produtora-executiva. No drama Lakers: Hora de Vencer, da HBO, situado na década de 1980, o espectador pode ver uma jovem Jeanie Buss, interpretada por Hadley Robinson, buscando seu espaço dentro da administração dos Lakers, então comandada pelo seu pai, Jerry (John C. Reilly). Ela começou do ponto zero e chegou ao topo.


Siga o Diário de Séries no WhatsApp

Acompanhe o Diário de Séries no Google Notícias

Siga nas redes

Fale conosco

Compartilhe sugestões de pauta, faça críticas e elogios, aponte erros… Enfim, sinta-se à vontade e fale diretamente com a redação do Diário de Séries. Mande um e-mail para:
contato@diariodeseries.com.br
magnifiercross
error: Conteúdo protegido!