NO APPLE TV+

Quem é fã de true crime precisa assistir Truth Be Told; saiba por quê

Protagonizada por Octavia Spencer, atração retorna com novos episódios na sexta (20)
DIVULGAÇÃO/APPLE TV+
Octavia Spencer em cena de Truth Be Told
Octavia Spencer em cena de Truth Be Told

O streaming Apple TV+ tem uma série perfeita para fãs de true crime: Truth Be Told. O elogiado drama retorna na sexta-feira (20) com a terceira temporada, mantendo a fórmula de um podcast que investiga casos criminais mal resolvidos ou negligenciados pela polícia. Não são histórias reais retratadas na trama, mas todo o aparato reproduz uma situação verdadeira.

Febre, o gênero true crime se tornou popular tanto na esfera dos podcasts quanto na das séries. Truth Be Told junta o melhor desses dois mundos usando como base o livro Are You Sleeping, obra de estreia da advogada Kathleen Barber. A história contada ali inspirou a primeira temporada da atração.

Cada leva de episódios de Truth Be Told narra uma única história, do começo ao fim. Isso dá espaço para que a investigação do crime mergulhe em detalhes e resulte em várias reviravoltas, mantendo a atenção do telespectador.

O ponto de vista principal da trama é de Poppy Parnell (Octavia Spencer), repórter investigativa que lidera um podcast muito popular sobre crimes reais (true crime). Boa parte das histórias são ambientadas em São Francisco e Oakland, cidades vizinhas localizadas na Califórnia.

Kate Hudson (à esq.) com Octavia Spencer na 2ª temporada de Truth Be Told
Kate Hudson (à esq.) com Octavia Spencer na 2ª temporada de Truth Be Told

Os casos de Truth Be Told

Na primeira temporada, Poppy decide reabrir um caso de assassinato ocorrido em 1999, sobre a morte de um professor da Universidade de Stanford. Ela faz esse resgate porque novas evidências surgiram, levando a crer que Warren Crave (Aaron Paul), homem que ela ajudou a colocar atrás das grades, foi condenado injustamente.

Há duas décadas, Poppy era repórter de jornal e ganhou fama cobrindo o caso Crave, preso aos 16 anos de idade. A causa da morte do professor voltou à tona devido à provas de que houve inconsistência nos relatos que levaram à prisão de Crave. A podcaster fica com remorso e faz de tudo para esclarecer os fatos, mesmo que o resultado final seja a admissão de culpa dela pelo erro de apontar alguém como culpado sem sê-lo.

Na segunda temporada, Poppy entra em uma enrascada pessoal. Ela aceita averiguar o assassinato do marido de Micah (Kate Hudson), amiga de infância da jornalista, enquanto a polícia faz um trabalho porco para encerrar o caso logo. Memórias e traumas do passado ressurgem com a retomada dessa amizade, o que acaba influenciando no trabalho da podcaster de concluir a investigação, doe a quem doer.

Micah superou vários problemas durante a adolescência, como não ter casa para morar. Ela virou o jogo e se tornou uma escritora best-seller e celebridade, autora motivacional tipo guru, palestrante que discursa sobre estilo de vida e saúde mental. A personalidade intensa dela só hipnotiza Poppy em um primeiro instante. Depois disso, a jornalista chega até a cogitar que a amiga tenha um envolvimento, direto ou indireto, na morte do marido. A questão é descobrir o porquê disso.

E na terceira temporada, a ser lançada nesta semana, o tema é desaparecimento de garotas, mais especificamente o desprezo de políticos e forças da lei ao tratar do sumiço de jovens pretas, o contrário do que fazem quando a vítima é branca.

Enquanto a mídia cobre com afinco o desaparecimento de uma menina branca, com a polícia em cima do caso, uma garota preta que também está desaparecida não recebe a mesma atenção. 

Poppy se dedica a colocar os holofotes da opinião pública nessa e em outras meninas pretas desaparecidas que nunca ganharam espaço na imprensa. Ela vai acabar entrando no caminho de Eva (Gabrielle Union), uma diretora de escola nada convencional. As duas batalham para manter o nome dessas garotas esquecidas em evidência. 

Veja o trailer, legendado, da terceira temporada de Truth Be Told (um episódio a cada sexta a partir de 20 de janeiro; final da leva será em 24 de março):


Acompanhe o Diário de Séries no Google Notícias.

Siga nas redes

Fale conosco

Compartilhe sugestões de pauta, faça críticas e elogios, aponte erros… Enfim, sinta-se à vontade e fale diretamente com a redação do Diário de Séries. Mande um e-mail para:
contato@diariodeseries.com.br
magnifiercross
error: Conteúdo protegido!