NÃO PERCA

Gostou de Wandinha? Veja A Família Addams na Netflix antes do filme ser removido

Longa vai deixar a plataforma no final deste mês
DIVULGAÇÃO/PARAMOUNT
Christina Ricci no filme A Família Addams (1991)
Christina Ricci no filme A Família Addams (1991)

Quem gostou de Wandinha, nova série da Netflix, precisa assistir ao filme clássico A Família Addams, de 1991, disponível na plataforma. Contudo, o longa tem de ser visto o quanto antes, pois ele será removido da gigante do streaming no próximo dia 30. Vale a pena se programar para acompanhar toda a família Addams na versão cinematográfica aclamada.

Os personagens da família Addams foram criados pelo cartunista Charles Addams, no final dos anos 1930. Devido ao sucesso dos desenhos impressos nas páginas da revista The New Yorker, diversas adaptações nasceram na TV, cinema, HQs e até videogames.

O filme A Família Addams foi um sucesso inconteste de bilheteria, varrendo para debaixo do tapete um amontoado de problemas nos bastidores, incluindo atrasos nas gravações e roteiro reescrito. Tanta dor de cabeça elevou o custo da produção, com o filme saindo por US$ 30 milhões. A surpresa veio nas bilheterias: arrecadação de US$ 191,5 milhões, mais de seis vezes acima do valor da produção.

O icônico ator Raúl Juliá viveu o patriarca Gomez, enquanto Anjelica Huston foi a Mortícia, papel que lhe rendeu uma indicação ao Globo de Ouro. A Wandinha ganhou vida na pele de Christina Ricci, personagem que se destacou naquela época, reforçando o talento da atriz mirim.

Wandinha não tem qualquer conexão com o filme A Família Addams. Isso permitiu que Christina atuasse na série da Netflix como outra personagem. Ela é Marilyn Thornhill, professora da escola Nunca Mais que mostra-se aliada de Wandinha (Jenna Ortega) e que tem interesse por plantas.

Após se removido da Netflix em 30 de novembro, o filme A Família Addams poderá ser visto (no mundo dos streamings) no Paramount+; por lá também está disponível a continuação do longa, de 1993.

Siga nas redes

Fale conosco

Compartilhe sugestões de pauta, faça críticas e elogios, aponte erros… Enfim, sinta-se à vontade e fale diretamente com a redação do Diário de Séries. Mande um e-mail para:
contato@diariodeseries.com.br
magnifiercross
error: Conteúdo protegido!