HISTÓRICO

Melhor drama, A Casa do Dragão ganha Globo de Ouro que GoT nunca venceu

Veja todas as séries e atores vitoriosos da cerimônia de 2023
REPRODUÇÃO/NBC
Emma D'Arcy (à esq.), Milly Alcock e Miguel Sapochnik aceitam o Globo de Ouro de melhor drama por A Casa do Dragão
Emma D'Arcy (à esq.), Milly Alcock e Miguel Sapochnik aceitam o Globo de Ouro de melhor drama por A Casa do Dragão

A série A Casa do Dragão (HBO) conquistou o prêmio de melhor drama no Globo de Ouro de 2023, realizado na noite de terça (10), em Beverly Hills (EUA). A atração fantasiosa ganhou, logo pela primeira temporada, o prêmio que Game of Thrones NUNCA venceu; foram cinco indicações (de oito temporadas) no total na categoria melhor drama, nenhuma vitória. A Casa do Dragão é o primeiro spin-off de GoT.

A narrativa sobre a família Targaryen bateu Ruptura, queridinha da mídia, e superou a ameaça de Better Call Saul, concorrendo pela leva de despedida. Com o triunfo na principal disputa da cerimônia, a HBO se consolidou como o canal/plataforma com mais troféus, quatro no total. 

Além de melhor drama, o canal abocanhou as categorias de melhor atriz de drama (Zendaya, por Euphoria), melhor atriz coadjuvante de minissérie ou telefilme (Jennifer Coolidge, por The White Lotus) e melhor minissérie (The White Lotus). Essa vitória de The White Lotus foi histórica: a 20ª vez que a HBO venceu a disputa de melhor minissérie/telefilme no Globo de Ouro.

Entre as atuações, o maior destaque vai para Kevin Costner, premiado como melhor ator de drama por Yellowstone. É o primeiro prêmio relevante que a série faroeste, líder de audiência nos Estados Unidos, arrebata desde a estreia, em 2018. O intérprete de John Dutton 3º foi tratado como zebra, deixando para trás os favoritos Bob Odenkirk (Better Call Saul) e Adam Scott (Ruptura).

Veja os vencedores do Globo de Ouro de 2023

Melhor drama

Better Call Saul (disponível no Brasil na Netflix)
The Crown (Netflix)
A Casa do Dragão (HBO) – vencedor
Ozark (Netflix)
Ruptura (Apple TV+)

Melhor comédia

Abbott Elementary (Star+) – vencedora
O Urso (Star+)
Hacks (HBO Max)
Only Murders in the Building (Star+)
Wandinha (Netflix)

Melhor minissérie ou telefilme

Black Bird (Apple TV+)
Dahmer: Um Canibal Americano (Netflix)
Pam & Tommy (Star+)
The Dropout (Star+)
The White Lotus: Sicília (HBO) – vencedora

Melhor ator de drama

Jeff Bridges – The Old Man
Kevin Costner – Yellowstone (vencedor)
Diego Luna – Andor
Bob Odenkirk – Better Call Saul
Adam Scott – Ruptura

Melhor atriz de drama

Emma D’Arcy – A Casa do Dragão
Laura Linney – Ozark
Imelda Staunton – The Crown
Hilary Swank – Alaska Daily
Zendaya – Euphoria (vencedora)

Melhor ator de comédia

Donald Glover – Atlanta
Bill Hader – Barry
Steve Martin – Only Murders in the Building
Martin Short – Only Murders in the Building
Jeremy Allen White – O Urso (vencedor)

Melhor atriz de comédia

Quinta Brunson – Abbott Elementary (vencedora)
Kaley Cuoco – The Flight Attendant
Selena Gomez – Only Murders in the Building
Jenna Ortega – Wandinha
Jean Smart – Hacks

Melhor ator coadjuvante de drama ou comédia

John Lithgow – The Old Man
Jonathan Pryce – The Crown
John Turturro – Ruptura
Tyler James Williams – Abbott Elementary (vencedor)
Henry Winkler – Barry

Melhor atriz coadjuvante de drama ou comédia

Elizabeth Debicki – The Crown
Hannah Einbinder – Hacks
Julia Garner – Ozark (vencedora)
Janelle James – Abbott Elementary
Sheryl Lee Ralph – Abbott Elementary

Melhor ator de minissérie ou telefilme

Taron Egerton – Black Bird
Colin Firth – A Escada
Andrew Garfield – Em Nome do Céu
Evan Peters – Dahmer: Um Canibal Americano (vencedor)
Sebastian Stan – Pam & Tommy

Melhor atriz de minissérie ou telefilme

Jessica Chastain – George and Tammy
Julia Garner – Inventando Anna
Lily James – Pam & Tommy
Julia Roberts – Gaslit
Amanda Seyfried – The Dropout (vencedora)

Melhor ator coadjuvante de minissérie ou telefilme

F. Murray Abraham – The White Lotus
Domhnall Gleeson – O Paciente
Paul Walter Hauser – Black Bird (vencedor)
Richard Jenkins – Dahmer: Um Canibal Americano
Seth Rogen – Pam & Tommy

Melhor atriz coadjuvante de minissérie ou telefilme

Jennifer Coolidge – The White Lotus (vencedor)
Claire Danes – Fleishman Is in Trouble
Daisy Edgar-Jones – Em Nome do Céu
Niecy Nash-Betts – Dahmer: Um Canibal Americano
Aubrey Plaza – The White Lotus


Acompanhe o Diário de Séries no Google Notícias.

Siga nas redes

Fale conosco

Compartilhe sugestões de pauta, faça críticas e elogios, aponte erros… Enfim, sinta-se à vontade e fale diretamente com a redação do Diário de Séries. Mande um e-mail para:
contato@diariodeseries.com.br
magnifiercross
error: Conteúdo protegido!