IBOPE

DNA do Crime ultrapassa marca de 10 milhões de visualizações na Netflix

Drama policial brasileiro está no top 10 de 66 países
DIVULGAÇÃO/NETFLIX
Rômulo Braga no drama policial DNA do Crime
Rômulo Braga no drama policial DNA do Crime

Nos primeiros 13 dias de disponibilidade na Netflix, a série brasileira DNA do Crime registrou 11,8 milhões de visualizações em todo o mundo (ou 91,8 milhões de horas assistidas). É a primeira produção nacional da gigante do streaming a ultrapassar a marca de 10 milhões de views em menos de duas semanas. 

No ranking mais recente da plataforma do tudum, com números coletados entre 20 e 26 de novembro, o drama policial continua nas primeiras colocações, ocupando o segundo lugar no top 10 das atrações de língua não inglesa. Na semana anterior, DNA do Crime liderou essa lista, repetindo feito alcançado pela quarta temporada de Sintonia.

Com a comprovação dos números, DNA do Crime é a série brasileira da Netflix de maior sucesso internacional. Na segunda semana de disponibilidade, a atração se manteve no top 10 de 66 países, sendo vista em todos os continentes.

Sem a comprovação dos números, apenas pelo nível de repercussão e engajamento online, a ficção científica 3% (2016-2020) era dona desse rótulo de série verde e amarela mais internacional da Netflix, chegando a ter seu sucesso mundial comemorado por diretores da empresa e estampando manchetes na mídia ao redor do planeta. A produção inovadora, ao menos, não perde o pioneirismo, a que abriu as portas para outras seguirem o caminho que pavimentou.

A história real de DNA do Crime

Com criação e direção do renomado pernambucano Heitor Dhalia (Arcanjo Renegado), DNA do Crime tem inspiração em crimes reais. A narrativa apresenta a história de um complexo trabalho de um grupo de agentes federais em uma investigação inédita, que culmina no início de um fio que desvenda, como nenhum outro, a construção de ações fora da lei no território tupiniquim. E apresenta a pergunta: DNA resolve assalto?

Após um roubo de proporções épicas a uma instalação de uma seguradora de valores no Paraguai, os policiais federais da delegacia de Foz do Iguaçu empreendem uma apuração complexa. Seguindo a trilha de amostras de DNA coletadas, descobrem um caminho que conecta o crime no país vizinho com outros recentes e desvendam um plano ainda maior envolvendo bandidos das duas nações vizinhas. 

Estrelada por Maeve Jinkings (Os Outros), Rômulo Braga (Rota 66), Thomás Aquino (Os Outros) e Pedro Caetano (Sentença), DNA do Crime traz muita ação, efeitos especiais e sequências de tirar o fôlego para abordar o mais sofisticado patamar do crime e da polícia no Brasil.

De um lado, uma polícia mais técnica e que usa a ciência forense, tipo CSI, para investigações bastante desafiadoras. Do outro, criminosos com métodos sofisticados de planejamento de assaltos, domínios de cidades e operações que levam anos e milhões de dólares de investimento.


Siga o Diário de Séries no WhatsApp

Acompanhe o Diário de Séries no Google Notícias

Siga nas redes

Fale conosco

Compartilhe sugestões de pauta, faça críticas e elogios, aponte erros… Enfim, sinta-se à vontade e fale diretamente com a redação do Diário de Séries. Mande um e-mail para:
contato@diariodeseries.com.br
magnifiercross
error: Conteúdo protegido!