PRESTÍGIO INTERNACIONAL

Série do Globoplay, Betinho representa o Brasil no festival Canneseries

Evento está programado para ser realizado no começo de abril, na França
DIVULGAÇÃO/GLOBOPLAY
Filipe Bragança (ao fundo) com Julio Andrade em Betinho: No Fio da Navalha
Filipe Bragança (ao fundo) com Julio Andrade em Betinho: No Fio da Navalha

Pela primeira vez, uma série brasileira vai competir no prestigiado festival Canneseries, que celebra o melhor da produção televisiva mundial. O drama biográfico Betinho: No Fio da Navalha, atração original do Globoplay, concorre aos prêmios de melhor série, performance, performance especial, música e roteiro entre as séries de longa duração (long form). Estão na parada atrações oriundas da China, Espanha, Suécia e Alemanha, entre outras nações. Os vencedores serão anunciados na cerimônia de encerramento do festival, em 10 de abril.

A edição deste ano do Canneseries, a ser realizada a partir do próximo dia 5, é a de número sete. O evento foi criado para seguir os passos do famoso Festival de Cinema de Cannes, organizado em maio na cidade francesa. No Canneseries, séries internacionais são exibidas, comentadas e oferecidas ao mercado. E são feitas homenagens a pessoas de destaque do mundo do entretenimento.

Betinho: No Fio da Navalha estreou em 1º de dezembro do ano passado. Ator indicado ao Emmy Internacional e famoso por séries como 1 Contra Todos e Sob Pressão, Julio Andrade recebeu a missão de interpretar Herbert de Souza, o Betinho, sociólogo brasileiro conhecido pela sua luta por grandes causas sociais, como o combate à fome.

Tratada como dramaturgia biográfica, a narrativa mostra as ações do sociólogo em prol de grandes causas sociais, em especial o combate à AIDS e à fome. A série resgata momentos importantes da vida do homenageado entre os anos 1960 e 1990, intercalando imagens de diferentes fases de Betinho; ele morreu em 1997.

Competem com Betinho: No Fio da Navalha as séries:

  • Dark Horse (Dinamarca)
  • Dumbsday (Noruega)
  • Moresnet (Bélgica-Holanda-Alemanha)
  • Operation Sabre (Sérvia-Bulgária)
  • The Zweiflers (Alemanha)
  • This is not Sweden (Espanha-Suécia-Alemanha-Finlândia)
  • To the Wonder (China)

Confira abaixo as produções que venceram a categoria de melhor série (longa duração) nas edições anteriores do Canneseries:

2018 – When Heroes Fly (Israel-Colômbia)
2019 – Vida Perfeita (Espanha) – disponível na Max
2020 – Partisan (Suécia)
2021 – Mister 8 (Finlândia)
2022 – The Lesson (Israel)
2023 – Power Play (Noruega)


Siga o Diário de Séries no WhatsApp

Acompanhe o Diário de Séries no Google Notícias

Siga nas redes

Fale conosco

Compartilhe sugestões de pauta, faça críticas e elogios, aponte erros… Enfim, sinta-se à vontade e fale diretamente com a redação do Diário de Séries. Mande um e-mail para:
contato@diariodeseries.com.br
magnifiercross
error: Conteúdo protegido!