LUTA CONTRA DOENÇA

Atriz de Chicago Med revela ter câncer; personagem superou tumor na mama

Marlyne Barrett recebeu o diagnóstico há três meses
DIVULGAÇÃO/NBC
Marlyne Barrett em cena de Chicago Med
Marlyne Barrett em cena de Chicago Med

A atriz Marlyne Barrett, estrela de Chicago Med, revelou ter câncer no útero e no ovário. Em entrevista ao site People, a artista de 44 anos compartilhou o diagnóstico que recebeu há três meses; ela está se preparando para uma terceira rodada de quimioterapia. No drama médico desde a primeira temporada, Marlyne interpreta a enfermeira Maggie Campbell, que na trama teve câncer de mama e foi curada.

Para a People, Marlyne Barrett falou sobre essa coincidência nada feliz. “Quando minha personagem enfrentou o câncer de mama”, relembrou. “Um mar de pessoas me procurou, mandando mensagens pelas mídias sociais. Elas me deram coragem e, assim, senti uma necessidade inevitável de compartilhar a experiência que agora vivo na pele.” 

“Eu sou uma pessoa muito reservada, mas senti a responsabilidade de contar a minha história”, completou a atriz.

Em julho, durante um exame de hérnia, os médicos encontraram um tumor do tamanho de uma bola de futebol americano no útero e no ovário esquerdo. “Eu tinha esse acúmulo de fluidos [no meu abdômen] que eu não conseguia me livrar”, contou. “Parecia que eu estava grávida de nove meses. E eu tinha problemas para respirar, mas sem sentir dor alguma.”

O caso era grave, por isso os médicos recomendaram que Marlyne Barrett fizesse quimioterapias agressivas, tentativas para evitar uma histerectomia (remoção do útero).

Mesmo em tratamento intensivo, a atriz continua trabalhando em Chicago Med, com alguns ajustes no expediente. Ela começa uma hora antes de todo mundo para ajeitar o visual. Para esconder a barriga, o pessoal do figurino entra em ação. Já sobre a inevitável queda de cabelo (a atriz raspou a cabeça) uma peruca entra em ação, a mesma que a personagem sempre usou. Fora isso, há descansos extras e folgas nos dias de tratamento.

Levando um dia de cada vez, Marlyne Barrett encara as horas no set de Chicago Med como essenciais. “O trabalho me dá muitas alegrias”, afirmou. “Tenho alívio no trabalho, onde não fico pensando sobre quando será minha próxima quimio.”

Chicago Med estreou a oitava temporada, nos Estados Unidos, na semana passada. A série chega com episódios inéditos no canal Universal (ainda sem data de lançamento). O drama médico pode ser visto nos streamings Globoplay e Prime Video. Na TV aberta, faz parte da programação da Record.

Siga nas redes

Fale conosco

Compartilhe sugestões de pauta, faça críticas e elogios, aponte erros… Enfim, sinta-se à vontade e fale diretamente com a redação do Diário de Séries. Mande um e-mail para:
contato@diariodeseries.com.br
magnifiercross
error: Conteúdo protegido!