THE RESIDENCE

Série póstuma de Andre Braugher é da Netflix e tem assinatura de Shonda Rhimes

4 episódios (de 8) do drama foram gravados antes da greve dupla que parou Hollywood
DIVULGAÇÃO/PARAMOUNT+
Andre Braugher em première da série The Good Fight, em 2022
Andre Braugher em première da série The Good Fight, em 2022

Morto na última segunda-feira (11), o ator Andre Braugher deixou uma série semipronta. Ele gravou quatro episódios de The Residence, atração da Netflix que tem Shonda Rhimes chefiando a produção-executiva. Vencedor de Emmy e conhecido pelo papel de Capitão Raymond Holt em Brooklyn Nine-Nine, Braugher era tratado como um dos protagonistas de The Residence, ao lado de Uzo Aduba (ex-Orange Is the New Black).

Esses quatro episódios (de oito, no total) foram gravados antes da greve dupla, de roteiristas e atores, que paralisou Hollywood durante seis meses. A retomada dos trabalhos, segundo o site Deadline, está marcada para 2 de janeiro. Não se sabe ao certo se a data será mantida ou adiada por dois motivos: dar mais tempo ao luto e resolver o que fazer com o personagem de Braugher.

The Residence tem como espinha dorsal a fórmula imbatível do “quem matou?”. A narrativa é levemente baseada no livro Por Dentro da Casa Branca, de Kate Andersen Brower, e acompanha a detetive Cordelia Cupp, vivida por Uzo, na missão de encontrar a pessoa que cometeu um assassinato durante um jantar dentro da Casa Branca, a sede do governo dos Estados Unidos. São 157 suspeitos.

O papel de Braugher foi de A.B. Wynter, chefe dos funcionários da Casa Branca. A decisão é sobre manter os quatro episódios com ele em cena e criar um desfecho que justifique a sua ausência na parte final ou fazer uma nova escalação para o personagem, trocar de ator.

No elenco de The Residence também estão Susan Kelechi Watson, em seu primeiro trabalho desde o fim de This Is Us, Ken Marino (Party Down), Jason Lee (My Name Is Earl), Bronson Pinchot (Our Flag Means Death), Isiah Whitlock Jr. (Your Honor), Edwina Findley (The Power), Molly Griggs (Dr. Death), Al Mitchell (Stranger Things), Dan Perreault (Players) e Mary Wiseman (Star Trek: Discovery).

Kate Andersen Brower, autora do livro que serve de base para a série, é uma jornalista especializada em política que trabalhou na sede do governo durante o primeiro mandato de Barack Obama. Ela escreveu três livros sobre a Casa Branca.

Shonda Rhimes está na produção-executiva ao lado da inseparável parceira, Betsy Beers. O showrunner é Paul William Davies, roteirista de Scandal, drama ambientado na Casa Branca e criada por Shonda.


Siga o Diário de Séries no WhatsApp

Acompanhe o Diário de Séries no Google Notícias

Siga nas redes

Fale conosco

Compartilhe sugestões de pauta, faça críticas e elogios, aponte erros… Enfim, sinta-se à vontade e fale diretamente com a redação do Diário de Séries. Mande um e-mail para:
contato@diariodeseries.com.br
magnifiercross
error: Conteúdo protegido!