LIVE-ACTION

A tecnologia de ponta usada nas cenas de ação da série Yu Yu Hakusho

Netflix japonesa contratou estúdio famoso em Hollywood para fazer os efeitos visuais
REPRODUÇÃO/NETFLIX
Cena de luta insana da série Yu Yu Hakusho
Cena de luta insana da série Yu Yu Hakusho

Enquanto provoca reflexões sobre a vida depois da morte, o live-action de Yu Yu Hakusho (Netflix) tem cenas de ação espetaculares, capturadas por uma tecnologia de ponta nunca antes vista em qualquer produção do audiovisual japonês. O telespectador nota que realmente os momentos de porradaria são de tirar o fôlego, com câmeras frenéticas proporcionando vários ângulos das brigas. Tudo concretizado graças ao trabalho meticuloso nos bastidores.

O público sabe que adaptar um mangá ou anime em live-action é complicado, ainda mais se for uma história com seres sobrenaturais e magia, caso de Yu Yu Hakusho. O herói da trama, Yusuke (Takumi Kitamura), troca socos e chutes com demônios e humanos. Captar essa essência do mangá não foi fácil.

Em entrevista para a própria Netflix, Tomofumi Akahane, diretor de efeitos visuais da série, falou sobre isso. O aspecto fidedigno da série Yu Yu Hakusho com o mangá só foi possível de ser atingido por causa da Scanline VFX, estúdio especializado em efeitos visuais conhecido por grandes produções de Hollywood.

A Scanline VFX fez os efeitos visuais de séries tipo Stranger Things, Sombra e Ossos, Andor e Fundação, além dos filmes Batman, Shazam, Flash, Aquaman e Rebel Moon.

“Os personagens criados com computação gráfica podem ser mostrados em close dependendo da distância da câmera, se há diálogo, e também da expressão facial”, comentou Tomofumi. “Colaborando com a Scanline VFX, conseguimos chegar mais longe do que qualquer outra produção japonesa, alcançando uma qualidade tão alta que os efeitos parecem verdadeiramente reais.”

A equipe usou a tecnologia mais moderna de captura de performance, com 170 câmeras gravando os atores simultaneamente em 360 graus. Dessa forma, o diretor Sho Tsukikawa podia escolher o melhor ângulo como se estivesse movimentando uma câmera só, resultando em personagens realistas que interagem perfeitamente com os elementos de live-action.

Como a história de Yu Yu Hakusho inclui o mundo humano, dos demônios e o espiritual, a equipe teve que criar vários demônios do zero. E as batalhas entre humanos e demônios foram complexas de recriar visualmente a partir do mangá, especialmente as cenas com os irmãos Toguro: o mais velho contorce o próprio corpo, e o mais novo é capaz de expandir os músculos.

“Os tamanhos dos corpos dos atores e personagens são diferentes, então era muito difícil alterar a escala. Não era só mudar a altura, precisávamos garantir também a precisão das linhas visuais dos adversários”, explica o consultor de efeitos visuais Ryo Sakaguchi.

A equipe criou e imprimiu modelos 3D dos irmãos Toguro e os conectou aos atores para as gravações. Dessa forma, era mais fácil e natural contracenar com eles.

Além disso, como muitos atores não estavam acostumados a trabalhar com computação gráfica durante as filmagens, a equipe de produção teve várias ideias para ajudar. Por exemplo, em cenas de lutas, havia um dublê com roupas azuis no lugar do personagem que seria inserido depois, facilitando a interação do ator.


Siga o Diário de Séries no WhatsApp

Acompanhe o Diário de Séries no Google Notícias

Siga nas redes

Fale conosco

Compartilhe sugestões de pauta, faça críticas e elogios, aponte erros… Enfim, sinta-se à vontade e fale diretamente com a redação do Diário de Séries. Mande um e-mail para:
contato@diariodeseries.com.br
magnifiercross
error: Conteúdo protegido!