REALEZA

Warner compra os direitos de Máxima, série sobre a monarquia holandesa

Trama acompanha história de Máxima Zorreguieta, rainha nascida na Argentina
DIVULGAÇÃO/BETA FILMS
Delfina Chaves em cena de Máxima
Delfina Chaves em cena de Máxima

Candidata a ocupar o lugar de The Crown (Netflix) na arena de séries sobre monarquias, o drama Máxima, sobre o universo da família real holandesa, teve os direitos de exibição adquiridos, para a América Latina, pela Warner Bros. Discovery. O conglomerado ainda não definiu em qual canal ou plataforma a atração será disponibilizada; o streaming Max é a opção mais provável. A estreia de Máxima, na Europa, será em meados de abril.

Da produtora alemã Beta Films (Babylon Berlin, Sissi), Máxima foi uma das produções mais faladas e procuradas na London TV Screenings, importante feira do mercado televisivo realizada na semana passada, em Londres (Inglaterra). A primeira temporada da série é composta de seis episódios e foi gravada nos Estados Unidos (Nova York), Espanha, Holanda e Bélgica. 

Essa é uma das poucas atrações sobre reis e rainhas que retratam uma monarca atualmente viva. A trama foca em Máxima Zorreguieta, rainha consorte da Holanda que será interpretada por Delfina Chaves, atriz argentina considerada estrela em ascensão. Natural de Buenos Aires, capital da nação hermana, Máxima se casou com Willem-Alexander, atual rei dos Países Baixos.

A atração usa de inspiração um livro biográfico que celebrou os 50 anos da rainha consorte. O pilar é o choque provocado pela raiz política do pai de Máxima, ligada ao ditador Jorge Rafael Videla, e sobre como isso interferiu no envolvimento público dela com o então príncipe herdeiro durante os primeiros passos do relacionamento amoroso entre ambos.

Jorge Zorreguieta, pai de Máxima, foi ministro de Agricultura durante a ditadura militar argentina. Por causa da instabilidade sociopolítica criada, ele não esteve presente nem no casamento da filha, em 2002, e nem em sua coroação como rainha consorte, em 2013.


Siga o Diário de Séries no WhatsApp

Acompanhe o Diário de Séries no Google Notícias

Siga nas redes

Fale conosco

Compartilhe sugestões de pauta, faça críticas e elogios, aponte erros… Enfim, sinta-se à vontade e fale diretamente com a redação do Diário de Séries. Mande um e-mail para:
contato@diariodeseries.com.br
magnifiercross
error: Conteúdo protegido!