CRISE DE IMAGEM

The White Lotus: HBO demite ator acusado pela Ucrânia de ser pró-Rússia

Miloš Biković foi acusado de supostamente apoiar a invasão russa
REPRODUÇÃO/INSTAGRAM
Miloš Biković está fora da 3ª temporada de The White Lotus
Miloš Biković está fora da 3ª temporada de The White Lotus

A HBO anunciou a demissão de Miloš Biković da terceira temporada de The White Lotus. O ator sérvio foi alvo de uma campanha, iniciada pelo governo da Ucrânia, contra essa escalação por ele supostamente apoiar a invasão da Rússia em território ucraniano, ação ocorrida em fevereiro de 2022 que iniciou uma guerra ainda em andamento.

O canal premium vai ter de correr para procurar um substituto. As gravações da nova leva de episódios de The White Lotus, uma de suas principais séries da atualidade, estão programadas para começar neste mês, na Tailândia.

A controvérsia começou na semana passada, quando uma postagem na rede social X (antigo Twitter), feita pela página oficial do Ministério das Relações Exteriores da Ucrânia, perguntou para a HBO: “Tudo bem para vocês trabalhar com uma pessoa que apoia o genocídio e viola as leis internacionais?”. A publicação veio acompanhada de um vídeo com comentários de Biković sobre a Ucrânia e a anexação da Crimeia, o ponto de discórdia do conflito.

Detalhe importante é que não há qualquer registro público que mostre Biković apoiando a invasão da Ucrânia pela Rússia. Entretanto, ele não condenou isso em 2022 e não o fez desde a publicação do tal vídeo. Então, esse silêncio provavelmente contribuiu para sua demissão de The White Lotus. 

A HBO ficou em uma sinuca de bico entre seguir em frente com a decisão artística de mantê-lo no elenco e se posicionar firmemente na área espinhosa da geopolítica.

Miloš Biković falou sobre sua saída da premiada série do canal, em post no Instagram: “Tive a honra de ser escolhido para fazer parte de The White Lotus, uma série que considero bastante, na qual estaria ao lado de colegas que respeito profundamente. No entanto, a minha participação não é mais possível por motivos alheios ao domínio da arte e não me curvarei a nenhuma narrativa que procure comprometer a minha integridade.”

“Uma campanha foi armada contra mim, aparentemente como uma manobra externa para influenciar decisões que podem criar um precedente perturbador que obscurece a essência da liberdade artística”, continuou. “O resultado de tal narrativa é o triunfo do absurdo e a derrota da arte”.

O ator sérvio, de 36 anos, é bastante popular na Rússia, trabalhando no país durante mais de uma década. Ele esteve na Crimeia várias vezes, fatos que resultaram na decisão da Ucrânia de colocá-la em uma lista de pessoas proibidas. 

Bikovic obteve cidadania russa, em 2021, após um decreto assinado pelo presidente russo, Vladimir Putin, que também concedeu a Biković uma medalha.


Siga o Diário de Séries no WhatsApp

Acompanhe o Diário de Séries no Google Notícias

Siga nas redes

Fale conosco

Compartilhe sugestões de pauta, faça críticas e elogios, aponte erros… Enfim, sinta-se à vontade e fale diretamente com a redação do Diário de Séries. Mande um e-mail para:
contato@diariodeseries.com.br
magnifiercross
error: Conteúdo protegido!