WHOSE MONEY IS IT?

Série nacional sobre mercado de ações é batizada de ‘Succession brasileira’

Drama usa como base o livro De Quem É o Dinheiro?
DIVULGAÇÃO/HBO/REPRODUÇÃO
Brian Cox em Succession e capa do livro De Quem É o Dinheiro?
Brian Cox em Succession e capa do livro De Quem É o Dinheiro?

Com direção de Alexandre Avancini (novela Os Dez Mandamentos, filme Nada a Perder), está em desenvolvimento a série De Quem É o Dinheiro? (Whose Money Is It?), sobre o mercado de ações nacional. De acordo com o site Deadline, o drama ganhou o rótulo de “Succession brasileira” e, no momento, procura um lar para chamar de seu; dois streamings de alcance internacional negociam a aquisição do projeto.

Essa produção adapta o livro homônimo, escrito por Adley Piovesan (ex-corretor de ações) e Homero Chemale, que narra “as aventuras e desventuras de personagens marcantes e quase reais do mundo das bolsas de valores, e seus lances incríveis e ousados para atrair, capturar e às vezes ludibriar os incautos, no dia a dia emocionante do mercado acionário.”

A sinopse do drama aponta que a história mistura “elementos de ação e investigação”, indo do presente ao passado, com flashbacks de três décadas atrás. O foco do enredo é a família Salvatore Abud, cujo patriarca, Ítalo, é dono de uma das maiores corretoras do Brasil.

De Quem É o Dinheiro?, a série, acompanha um rico banqueiro que perde seu único filho em um trágico acidente de avião. Ele se torna o guardião educacional de seus dois netos, um menino e uma menina, criando-os sob regras rígidas. Sua intenção é inserir o rapaz no mundo dos negócios, mas é sua neta quem corresponde às suas expectativas, tornando-se a Loba da bolsa de valores.

As brigas constantes entre o magnata e a nora só terminam quando ela sofre uma terrível e misteriosa agressão criminosa. O mundo do milionário se despedaça ao descobrir que sua amante foi a responsável pelo sequestro da mãe de seus netos e responsável pela morte de seu filho. À luz da sua turbulência emocional, os seus herdeiros assumem os negócios da família, mudando o curso da história financeira do país.

Segundo Avancini, em entrevista ao Deadline, a série “tem todos os fatores para ser exatamente a Succession brasileira”. Ele ressaltou que vai ter sim histórias reais na trama, mas a tal da licença criativa entra em campo para turbinar o melodrama. O diretor acredita que a série “não irá apenas chamar a atenção da audiência e da crítica nacional, mas também do mundo inteiro.”

A adaptação do livro De Quem É o Dinheiro? em série ficou com Solange Castro Neves, coautora de novelas como Mulheres de Areia (1993) e A Viagem (1994). Ela contará com a colaboração de Thalma Bertozzi.


Siga o Diário de Séries no WhatsApp

Acompanhe o Diário de Séries no Google Notícias

Siga nas redes

Fale conosco

Compartilhe sugestões de pauta, faça críticas e elogios, aponte erros… Enfim, sinta-se à vontade e fale diretamente com a redação do Diário de Séries. Mande um e-mail para:
contato@diariodeseries.com.br
magnifiercross
error: Conteúdo protegido!