INTRODUÇÃO

Os Muitos Santos de Newark: filme prelúdio de Sopranos entra no Prime Video

Longa da HBO conta a origem de Tony Soprano, personagem revolucionário e icônico da TV
REPRODUÇÃO/HBO
Michael Gandolfini no filme Os Muitos Santos de Newark
Michael Gandolfini no filme Os Muitos Santos de Newark

O filme Os Muitos Santos de Newark, que serve de prelúdio para a série The Sopranos (1999-2007), vai entrar no catálogo do Prime Video na quarta-feira (8). O longa continuará presente no streaming HBO Max, da Warner Bros., que é a distribuidora da película. A trama se passa entre as décadas de 1960 e 1970 e conta a história da adolescência de Tony Soprano, vivido por Michael Gandolfini, filho de James Gandolfini, o intérprete do Tony adulto no aclamado drama da HBO.

Os Muitos Santos de Newark (The Many Saints of Newark) chegou a ser exibido nos cinemas, mas arrecadou muito pouco em bilheteria: US$ 13 milhões embolsados contra US$ 50 milhões de custo de produção. Porém, o filme foi um sucesso no streaming, batendo recordes e fazendo com que a série The Sopranos voltasse a ser assistida em massa, por novos espectadores ou antigos fãs.

Personagens queridos de Sopranos, além de Tony, ganham versões mais jovens na trama, como Junior Soprano (na pele de Corey Stoll), Paulie (Billy Magnussen), Silvio (John Magaro), Livia Soprano, mãe de Tony (Vera Farmiga), entre outros.

Como se percebe, o elenco de Os Muitos Santos de Newark é do mais alto nível, contando ainda com Leslie Odom Jr., Jon Bernthal (interpretando Johnny Soprano, pai de Tony) e Ray Liotta.

A narrativa do filme dá aos fãs da série The Sopranos a oportunidade de aprender sobre os momentos e as circunstâncias que levaram Tony Soprano a ter e administrar seu próprio império, enquanto crescia preso em um mundo complicado e violento e tentava decidir qual caminho seguir na vida: aquele que trata dos negócios da família (envolvendo seu tio Junior) ou o que o afasta totalmente do seu destino.

No final das contas, o filme prelúdio de Sopranos foi um hit. Tanto que passou a se discutir dentro da Warner a melhor maneira de aproveitar essa onda.

Por parte dos executivos do estúdio, uma nova série seria ideal para narrar eventos entre o final do filme e o começo de The Sopranos. Já David Chase, o criador do drama clássico da HBO e roteirista do longa, manifestou o desejo de fazer outro filme, este retratando a vida de Tony como jovem adulto.

O impasse, entre fazer uma série spin-off de Sopranos ou um novo filme, ainda não foi resolvido.


Acompanhe o Diário de Séries no Google Notícias.

Siga nas redes

Fale conosco

Compartilhe sugestões de pauta, faça críticas e elogios, aponte erros… Enfim, sinta-se à vontade e fale diretamente com a redação do Diário de Séries. Mande um e-mail para:
contato@diariodeseries.com.br
magnifiercross
error: Conteúdo protegido!