BEM-NASCIDOS

O que é nepo baby? Revista abala Hollywood ao expor privilégios de artistas

Filho de peixe peixinho é... após uso e abuso de muitas vantagens
REPRODUÇÃO/INSTAGRAM
A atriz Janet Leigh abraça a filha Jamie Lee Curtis, uma nepo baby das antigas
A atriz Janet Leigh abraça a filha Jamie Lee Curtis, uma nepo baby das antigas

Tudo começou com uma reportagem extensa e detalhada sobre um termo que viralizou neste ano nas redes sociais americanas: nepo baby. A expressão é usada para rotular um artista bem-nascido, filho ou filha de pais famosos oriundos de qualquer ramo, da música ao cinema. A revista New York expôs os privilégios dessa classe, chamando 2022 de “O Ano do Nepo Baby”. Um debate acalorado incendiou Hollywood, respingando na sociedade em geral.

O ponto principal da reportagem foi mostrar que muitos nepo babies não são assim tão talentosos quanto os pais. Ou seja, só ganharam destaque porque são crias de celebridades. Fora isso, tem a questão dos inúmeros privilégios que uma pessoa bem-nascida usufrui, chegando a lugares altos não necessariamente por mérito. 

Entrou em questão desde o acesso às melhores escolas, só porque o pai ou a mãe tem dinheiro para bancar, até as conexões com gente que toma as decisões em Hollywood, criando assim a famigerada rede QI (Quem Indica).

Logicamente, a carapuça serviu para muitos nepo babies citados, que se sentiram ofendidos pelo questionamento de que não possuem talento próprio, de que só venceram na vida de artista por causa da família de famosos.

Arte da revista New York sobre os nepo babies
Arte da revista New York sobre os nepo babies

Os privilégios dos nepo babies

Porém, a mais raivosa crítica contra a reportagem não conseguiu rebater o argumento de que sim, o privilégio foi decisivo para aparecer na frente de muitos concorrentes na indústria do entretenimento americana. E, de fato, isso não tem como negar.

De tantos nepo babies (nepo vem de nepotismo; babies é plural de bebê, criança) que vieram a público chiar, de O’Shea Jackson Jr. (filho do rapper Ice Cube) a Lily Allen (filha do ator Keith Allen com a produtora de filmes Alison Owen), Jamie Lee Curtis foi quem fez o comentário mais preciso, resumindo bem as diversas reações.

Jamie Lee Curtis é filha do ator Tony Curtis e da atriz Janet Leigh (estrela do filme Psicose). Em um longo post no Instagram (cuja foto ilustra este texto), ela deixou claro que “não há um dia na minha vida profissional no qual eu esqueço que sou filha de estrelas do cinema.” 

A atriz registrou que há sim vantagens de ser filha de celebridades. Mas fez um contraponto: “O atual debate sobre os nepo babies tem como foco principal ferir e desonrar.”

“Durante 44 anos de carreira, contei sim com as vantagens apresentadas por causa da fama a mim associada. Não finjo que não há [vantagens]”, escreveu. “É curioso como imediatamente fazemos suposições e comentários sarcásticos sobre alguém que é parente de uma pessoa que é famosa, chegando a conclusão que esse alguém não tem nenhum tipo de talento.”

Grace Gummer em Mr. Robot; atriz é filha de Meryl Streep
Grace Gummer em Mr. Robot; atriz é filha de Meryl Streep

Como você iria agir?

O debate é tão intenso e cheio de pontos de vista porque reflete a vida em sociedade no geral. Afinal, quantos médicos, advogados, jornalistas, pintores, mecânicos, empresários não são filhos de médicos, advogados, jornalistas, pintores, mecânicos e empresários?

Você, por exemplo, faria (ou faz) de tudo para o seu filho, naturalmente. Se ele ou ela deseja embarcar na mesma profissão que a sua, não é natural você buscar abrir as portas para sua cria ter todas as oportunidades de encontrar um espaço e engatar uma carreira?

Uma das argumentações é que em Hollywood a coisa é diferente das profissões mais comuns, digamos assim. Trabalhar na frente das câmeras não é para qualquer um, poucos fazem isso. Logo, quem tem contatos e privilégios sai na frente, minando qualquer papo de meritocracia

Para cada ator que consegue um papel, centenas de outros foram reprovados. Quem conseguiu o papel e quem foi reprovado? Um nepo baby tem muito mais chance de ser aprovado do que aquele ator que veio do nada, que rala até conseguir uma oportunidade.

Dentro desse raciocínio, o exemplo mais cristalino ocorre com Meryl Streep. Lenda absoluta da atuação, ela tem três filhas, todas atrizes: Mamie, Grace e Louisa. Nenhuma delas demonstram grande talento na frente das câmeras. Talvez Grace, por causa de Mr. Robot, tenha uma vantagem pequena em relação às irmãs. 

Mas, independentemente do talento bom ou ruim, as três já atuaram em séries da HBO, trabalho cobiçado e que muitos apenas sonham em obter. Coincidência?


Acompanhe o Diário de Séries no Google Notícias.

Siga nas redes

Fale conosco

Compartilhe sugestões de pauta, faça críticas e elogios, aponte erros… Enfim, sinta-se à vontade e fale diretamente com a redação do Diário de Séries. Mande um e-mail para:
contato@diariodeseries.com.br
magnifiercross
error: Conteúdo protegido!