DRAMA MÉDICO

New Amsterdam chega ao fim, e produtor critica cancelamento: ‘mistério’

Último episódio da série foi exibido na terça (17), nos EUA
DIVULGAÇÃO/NBC
Ryan Eggold na 5ª temporada de New Amsterdam
Ryan Eggold na 5ª temporada de New Amsterdam

O drama médico New Amsterdam chegou ao fim na última terça-feira (17), nos Estados Unidos, com a exibição do episódio final da quinta temporada. Lançada em 2018, a série teve um começo avassalador, registrando bons números de audiência. Porém, perdeu o gás com o passar do tempo. Mesmo assim, o produtor executivo Peter Horton não entende até hoje o motivo do cancelamento: “mistério.”

O também diretor tocou nesse assunto durante entrevista ao site Deadline. Tanto ele quanto David Schulner, o criador da trama, lamentaram o que consideraram um fim precoce.

A dupla foi questionada sobre se tiveram tempo suficiente para concluírem a narrativa de New Amsterdam do que jeito que queriam. “Não”, respondeu Horton, seco e direto. “Acredito que a atração poderia ter, deveria ter, no mínimo mais uns dois anos.”

“Há ainda muita história para ser contada sobre os personagens”, continuou. “Atualmente, somos o programa televisivo número três na Netflix [americana]. Não acho que o público estava preparado para o ponto final.”

Schulner acrescentou que a produção disputava de igual para igual a liderança no horário no ibope americano (medição entre os adultos de 18 a 49 anos). Atração da rede NBC, New Amsterdam tinha como principal concorrente o drama policial FBI: Os Mais Procurados, exibida pela CBS na faixa das 22h.

“O motivo do cancelamento [de New Amsterdam] é um mistério, para dizer a verdade”, confessou Horton.

Entre tantos dramas médicos disponíveis na TV, New Amsterdam se destacou por apresentar histórias fora do padrão das séries desse gênero, geralmente ambientadas em hospitais e clínicas particulares luxuosas. O palco da atração protagonizada por Ryan Eggold era um hospital público.

Assim, as histórias abordaram temas mais rústicos e verídicos com a realidade da maioria da população americana, nunca deixando de tratar da questão problemática do acesso à saúde, que não é gratuito nos Estados Unidos. 

Por causa desse estilo, a atração recebeu elogios da OMS, a Organização Mundial da Saúde, que ressaltou a encenação fidedigna da administração e operação de um hospital.

New Amsterdam pode ser vista no Globoplay (só as três primeiras temporadas). A série está sendo reprisada, desde o início, no canal Sony.


Acompanhe o Diário de Séries no Google Notícias.

Siga nas redes

Fale conosco

Compartilhe sugestões de pauta, faça críticas e elogios, aponte erros… Enfim, sinta-se à vontade e fale diretamente com a redação do Diário de Séries. Mande um e-mail para:
contato@diariodeseries.com.br
magnifiercross
error: Conteúdo protegido!