XERIFE

Morena Baccarin é escalada para liderar spin-off policial de Fire Country

Atriz brasileira ganha ótima chance após fracasso de The Endgame, em 2022
DIVULGAÇÃO/NBC
Morena Baccarin na série The Endgame
Morena Baccarin na série The Endgame

A atriz brasileira Morena Baccarin vai interpretar uma personagem-chave em Fire Country que pode liderar o spin-off policial do drama sobre bombeiros. Ela ganhou o papel da xerife Mickey e irá aparecer, como convidada, em episódio da atual segunda temporada da atração da rede americana CBS (canal Sony e Netflix, no Brasil). Se tudo der certo e a aceitação do capítulo for positiva, a série derivada receberá o sinal verde.

Esse projeto de Fire Country está na fase embrionária. Mas, de acordo com o site Deadline, Morena assinou um contrato já prevendo a realização da trama filhote. E o tal episódio não será o piloto do derivado, como comumente é feito. Caso seja aprovado, o spin-off policial passará por um outro processo de desenvolvimento.

Faz todo o sentido a disposição da CBS em querer uma atração conectada com Fire Country, que na temporada passada foi a série novata líder de audiência, nos Estados Unidos, e emplacou bons licenciamentos no mercado internacional. Para a emissora, pesa a favor o fato de ser uma produção interna, dos estúdios CBS, o que diminui o custo e aumenta a arrecadação.

Carioca, Morena Baccarin tem mais uma chance de voltar a ser protagonista de uma série na TV aberta dos Estados Unidos, 13 anos após V – Visitantes (2009-2011), da ABC. Depois de uma boa passagem dentro do elenco de Gotham (2015-2019, Fox), ela assumiu o protagonismo de The Endgame, drama criminal da rede NBC no qual interpretou uma ladra de bancos. Porém, a série tipo La Casa de Papel foi cancelada, em 2022, não passando da primeira temporada. Morena tem no currículo indicação ao Emmy de atriz coadjuvante por Homeland.

A segunda temporada de Fire Country estreia, nos EUA, em 17 de fevereiro. A narrativa, baseada em fatos, pegou um caminho alternativo para se diferenciar de outras tantas histórias televisivas sobre bombeiros, apresentando ao público uma premissa fora da caixinha. Um homem condenado à prisão entra para uma equipe de bombeiros, no Estado da Califórnia, com o intuito de trabalhar e reduzir a pena. 

O drama tem um estilo tipo Chicago Fire e Station 19, só que os incêndios combatidos aqui são enormes e descontrolados, em florestas e grandes áreas abertas, imitando os fogos que atingem de verdade a Califórnia e vistos nos noticiários recorrentemente.

Max Thieriot é o protagonista na pele de Bode Donovan, prisioneiro que embarca em jornada de redenção ao virar bombeiro; ele também é um dos criadores da série. O ator tem passagens por Seal Team e Bates Motel.


Siga o Diário de Séries no WhatsApp

Acompanhe o Diário de Séries no Google Notícias

Siga nas redes

Fale conosco

Compartilhe sugestões de pauta, faça críticas e elogios, aponte erros… Enfim, sinta-se à vontade e fale diretamente com a redação do Diário de Séries. Mande um e-mail para:
contato@diariodeseries.com.br
magnifiercross
error: Conteúdo protegido!