IRMÃOS NA TV

Jon Cryer descarta reviver Two and a Half Men com Charlie Sheen

Ator deixou aberta apenas a possibilidade de uma reunião breve
DIVULGAÇÃO/CBS
Jon Cryer (à esq.) com Charlie Sheen em Two and a Half Men
Jon Cryer (à esq.) com Charlie Sheen em Two and a Half Men

Embora tenha tecido vários elogios a Charlie Sheen e desejar tudo do bom e do melhor, Jon Cryer descartou trabalhar com ele novamente em qualquer tipo de remake ou revival de Two and a Half Men. Ele explicou o porquê desse posicionamento em entrevista ao programa matinal The View, da rede americana ABC, nesta sexta-feira (9).

Eterno Alan Harper, Cryer participou da atração para promover sua comédia, da rival NBC, chamada de Extended Family (inédita no Brasil). Ele deixou aberta a possibilidade de fazer algo único com Sheen, tipo um especial, sem compromisso a longo prazo. Como quem sabe a oportunidade de participar de Bookie, comédia da HBO Max que reuniu estrelas da atração politicamente incorreta como Angus T. Jones, o próprio Sheen e Chuck Lorre (o criador/produtor). Agora, trabalhar com o ex-colega de cena revivendo Two and a Half Men é um assunto diferente.

“Eu não sei como isso seria [possível]”, respondeu Jon Cryer ao ser questionado sobre um reboot ou revival de Two and a Half Men. “O fato é que Charlie está muito melhor agora, o que é maravilhoso. [Mas] ele e eu não nos falamos há alguns anos. Vê-lo muito melhor me deixa feliz.”

O ator explicou que tem algumas coisas do passado ainda a serem resolvidas. Percebe-se que há uma gotinha de mágoa guardada. Ele citou que para Chuck Lorre foi muito difícil lidar com o que aconteceu em Two and a Half Men depois da demissão de Charlie Sheen, pois os dois eram amigos. O caso gerou uma rixa belicosa que durou 12 anos, com direito abaixarias e declarações pesadas. “É realmente adorável ver que eles se reconciliaram”, pontuou Cryer.

“O problema para mim é que quando Two and a Half Men estava acontecendo”, continuou. “Charlie era o ator mais bem pago da televisão, provavelmente de todos os tempos. E, ainda assim, ele estragou tudo. Eu o amo, desejo-lhe o melhor e que viva com boa saúde pelo resto da vida. Mas não sei se quero fazer negócios com ele”. 

Charlie Sheen e Jon Cryer trabalhara, juntos durante oito temporadas de Two and a Half Men, atuando como irmãos e formando uma das duplas mais inesquecíveis de todos os tempos das sitcoms.


Siga o Diário de Séries no WhatsApp

Acompanhe o Diário de Séries no Google Notícias

Siga nas redes

Fale conosco

Compartilhe sugestões de pauta, faça críticas e elogios, aponte erros… Enfim, sinta-se à vontade e fale diretamente com a redação do Diário de Séries. Mande um e-mail para:
contato@diariodeseries.com.br
magnifiercross
error: Conteúdo protegido!