RELATO EM LIVRO

John Stamos diz ter sido vítima de abuso sexual durante a infância

Ator de 60 anos alega que crime foi cometido por uma babá
DIVULGAÇÃO/DISNEY
John Stamos em cena da série Big Shot
John Stamos em cena da série Big Shot

O ator John Stamos, mais conhecido por viver o carismático Tio Jesse nas séries Três É Demais e Fuller House, alega que foi vítima de abuso sexual durante a infância. O crime teria sido cometido por uma babá. Ele falou sobre esse caso em entrevista ao site da People, promovendo o livro autobiográfico If You Would Have Told Me, que será lançado, nos Estados Unidos, na próxima terça-feira (24).

John Stamos comentou sobre a decisão de abordar isso, pela primeira vez, na obra de memórias de sua vida. O ator de 60 anos afirmou que considerou revelar o caso em outras oportunidades, mas acabou recuando.

[Atenção: relato abaixo pode ser gatilho para algumas pessoas]
O abuso, segundo Stamos, ocorreu quando tinha por volta de 11 anos. “Isso sempre esteve comigo, lá atrás [da mente]”, falou. “Eu me lembro um pouco, nunca desapareceu por completo. Mas eu deixei lá atrás, escondido, como muitas vítimas fazem.”

Esse incidente ele nunca contou para ninguém (até agora). Durante o desenvolvimento do livro, ele percebeu que precisava compartilhar, pois aquilo algo foi inapropriado. “Acho que eu dizia a mim mesmo: ‘Ah, são meninas, cara’”, relembrou. “Era como se eu estivesse me fingindo de morto, esperando que ela parasse.”

Stamos explicou porque guardou esse segredo por tanto tempo: 

“Eu não queria que as manchetes fossem sobre isso. E não queria que o livro fosse rotulado só por isso. Seria uma página ou algo assim, mas senti que tinha que falar sobre. Eu decidi escrever uma história de herói, no começo, mas enquanto fazia isso pensei: ‘Não, vou contar uma história humana’. Se eu não for 100% honesto e acessível, por que estou fazendo isso, não é?”

Veja a capa do livro If You Would Have Told Me:

Capa do livro de John Stamos

*Caso você suspeite de algum tipo de violência sexual contra crianças e adolescentes, procure o Disque 100, canal de denúncia anônima do governo federal que funciona 24 horas, todos os dias da semana. Basta ligar gratuitamente para o número 100. Também é possível denunciar pelo aplicativo Direitos Humanos Brasil ou pelo número de WhatsApp (61) 99611-0100


Siga o Diário de Séries no WhatsApp

Acompanhe o Diário de Séries no Google Notícias

Siga nas redes

Fale conosco

Compartilhe sugestões de pauta, faça críticas e elogios, aponte erros… Enfim, sinta-se à vontade e fale diretamente com a redação do Diário de Séries. Mande um e-mail para:
contato@diariodeseries.com.br
magnifiercross
error: Conteúdo protegido!