LÓGICA

Jacob Elordi manda a real: 3ª temporada de Euphoria precisa ser no futuro

Não dá para jovens de 20 e tantos anos viverem adolescentes em pleno ensino médio
DIVULGAÇÃO/HBO
Jacob Elordi em cena de Euphoria
Jacob Elordi em cena de Euphoria

A terceira temporada de Euphoria deve estrear somente em 2025, três anos após o final da segunda leva. Por isso, a única opção possível para a nova trama é ser ambientada no futuro, dar um salto no tempo para não ter atores em plena juventude, como Jacob Elordi, de 26 anos, interpretando adolescentes ainda no ensino médio. 

Durante participação no talk show do Jimmy Fallon, na última quinta-feira (18), o ator australiano falou sobre isso ao ser questionado se sabe quando Euphoria vai retornar. “Eu espero que seja em breve”, comentou. “Caso contrário, vou ter de passar por um processo tipo Benjamin Button [personagem que rejuvenesce com o avançar dos anos].”

Presumo que vai ter algum salto no tempo. Caso contrário, vai parecer um pouco estranho”, completou.

Na verdade, vai parecer bastante estranho, pois Euphoria não é Riverdale, que está situada no mundo fantasioso dos quadrinhos onde tudo pode acontecer. O drama da HBO é cru e real. Salvo uma grande surpresa, a chance é grande de a próxima temporada entrar no túnel do tempo em direção ao futuro.

Nas duas primeiras temporadas de Euphoria, o núcleo juvenil tem a maioria dos personagens dentro do ensino médio. A primeira leva foi lançada em 2019, com a narrativa transcorrendo no último semestre de 2018. A segunda temporada chegou só em 2022, mas os personagens ficaram parados no tempo: a história se passa em 2019.

Veja que não tem condições de os atores de Euphoria, agora muito mais velhos, continuarem no ensino médio. Se seguir essa linha, o drama perde a verossimilhança.

Há uma dica bem quente de que esse salto no tempo deve acontecer. E será de cinco anos, ou seja, com a trama se desenrolando em 2024. Heidi Bivens, figurinista de Euphoria, deixou escapar esse segredo durante entrevista para a revista Vogue, em março do ano passado.

Ela disse que ficou sabendo de duas coisas, como se fosse um aviso para preparar os novos figurinos, pensando no que está por vir: “As conversas apontam que [a série] vai retornar cinco anos no futuro. E eles [os personagens] não vão estar mais na escola.”

A torcida é que seja assim mesmo, o que serviria bem para Euphoria como um todo. Fora que tem o papo sobre essa terceira temporada ser a última, algo que os executivos da HBO não vão intervir. A decisão sobre isso recai na equipe criativa da série, liderada pelo criador e showrunner Sam Levinson. Ele é quem irá bater o martelo sobre quando será o ponto-final.

Um aspecto a se considerar é a dificuldade, hoje, de juntar o elenco de Euphoria. Muitos, como o próprio Elordi, além de Zendaya e Sydney Sweeney, estão por aí estrelando todo tipo de filme. Montar um cronograma que reúna todos eles no mesmo set, só pensando na terceira temporada, será um grande desafio.


Siga o Diário de Séries no WhatsApp

Acompanhe o Diário de Séries no Google Notícias

Siga nas redes

Fale conosco

Compartilhe sugestões de pauta, faça críticas e elogios, aponte erros… Enfim, sinta-se à vontade e fale diretamente com a redação do Diário de Séries. Mande um e-mail para:
contato@diariodeseries.com.br
magnifiercross
error: Conteúdo protegido!