NÃO PERCA!

Fantasmas: sitcom queridinha nos EUA estreia no Brasil com atraso de 19 meses

Comédia tem uma das melhores introduções de trama (piloto) dos últimos tempos
DIVULGAÇÃO/CBS
Rose McIver e Utkarsh Ambudkar na sitcom Fantasmas
Rose McIver e Utkarsh Ambudkar na sitcom Fantasmas

Uma das comédias mais quentes da TV americana na atualidade, Fantasmas (Ghosts) chega ao Brasil com atraso de 19 meses. A divertida sitcom de outro mundo estreia, na sexta-feira (12), no Paramount+. Baseada em atração britânica homônima, a comédia acompanha as aventuras de um casal da cidade grande (Nova York) que herda uma mansão mal-assombrada, localizada no interior.

Fantasmas é coprodução do CBS Studios, do grupo Paramount. Lançada em outubro de 2021 pela rede CBS, a sitcom teve grande destaque no ano de estreia. Foi a série novata mais vista em todo o horário nobre da TV americana, na temporada 2021-2022, com média (alta) de 8,40 milhões de telespectadores, à frente de atrações tipo 911, This Is Us e La Brea.

O resultado disso, claro, foi a encomenda de mais episódios para a segunda temporada: 22 contra 18. E a terceira leva já está confirmada.

Conheça a trama de Fantasmas

A força de Fantasmas está no humor sagaz, com um timing perfeito. A tal mansão mal-assombrada existe há 300 anos. Almas de pessoas que morreram quando estavam na área da casa, dentro desse período, ainda transitam por lá, isso até conseguirem cruzar a fronteira do além.

Esses fantasmas estão exatamente do jeito quando morreram. Isso deixa a trama rica de personagens diversos. Tem indígena, hippie da década de 1960, soldado da guerra da revolução americana (gay enrustido), cantora dos anos 1930, executivo mulherengo (o morto mais novinho do grupo), viking (o fantasma mais velho), madame puritana…

A memória de cada um parou no tempo. Então, se o executivo, que morreu no ano 2000, falar de um filme, por exemplo, ele precisa explicar para os mais velhos o que é um filme, antes de tudo. Essa junção de personagens sustenta, com solidez, a narrativa da série, rendendo muitas histórias e interações engraçadas.

Os herdeiros da mansão são dois nova-iorquinos, a jornalista Samantha “Sam” Arondekar (Rose McIver) e o chef Jay Arondekar (Utkarsh Ambudkar). Os fantasmas se apavoram com a ideia do casal de transformar a mansão em um hotel. Logo, decidem que vão assombrá-los.

É como se cada fantasma tivesse um poder. A cantora, por exemplo, pode soltar a voz e, embora não seja vista por pessoas de carne e osso, ela pode ser ouvida. 

O plano acaba sendo um desastre. Mas Fantasmas reservou uma reviravolta apresentada no final do primeiro episódio que concluiu com perfeição a trama do piloto, um dos melhores já feitos nos últimos tempos. É aquela revelação bem legal que faz com que o telespectador fique com vontade de ver os episódios seguintes.


Acompanhe o Diário de Séries no Google Notícias.

Siga nas redes

Fale conosco

Compartilhe sugestões de pauta, faça críticas e elogios, aponte erros… Enfim, sinta-se à vontade e fale diretamente com a redação do Diário de Séries. Mande um e-mail para:
contato@diariodeseries.com.br
magnifiercross
error: Conteúdo protegido!