SEGREDOS

De assédio a pedofilia: doc expõe bastidores podres de séries da Nickelodeon

Silêncio no Set estreia em 17 de março, nos EUA, e deve chegar no Brasil pelo streaming Max
REPRODUÇÃO
Abraço entre Ariana Grande e Dan Schneider
Abraço entre Ariana Grande e Dan Schneider

Vem aí um documentário que revela os bastidores podres de séries teens da Nickelodeon como Zoey 101, Drake & Josh, iCarly, Sam & Cat, Victorious e mais. O canal americano Investigation Discovery (ID) programou para os dias 17 e 18 de março a exibição do documentário Quiet on Set: The Dark Side of Kids TV (Silêncio no Set: O Lado Obscuro dos Programas Infantis, em tradução livre). No Brasil, esse documentário deve fazer parte do streaming Max, novo nome da HBO Max, plataforma da Warner Bros. Discovery.

Dividido em quatro partes, a atração descortina o que rolava por trás das câmeras das produções criadas por Dan Schneider, que nos últimos anos virou alvo de denúncias graves por nutrir um ambiente de trabalho tóxico. Ele recebeu acusações sobre hipersexualizar de propósito atrizes adolescentes, seja incentivando-as a usarem roupas curtas ou criando cenas com segundas intenções, imitando atos eróticos.

Silêncio no Set chega para expor o ambiente supostamente insidioso em séries populares da Nick sob o comando de Schneider, tendo alegações de abuso, sexismo, racismo e dinâmicas inadequadas com suas estrelas menores de idade. Pessoas que trabalharam nessas atrações deram entrevistas para o documentário.

Querendo ou não, Schneider foi responsável por revelar nomes de peso tipo Josh Peck, Drake Bell, Miranda Cosgrove, Ariana Grande, Victoria Justice, Jamie Lynn Spears, Miranda Cosgrove e muito mais.

Leia no Diário de Séries: Criador de séries teens icônicas da Nickelodeon hipersexualizava atrizes

O documentário contém relatos emocionais que apontam um padrão de comportamento grosseiro, abusivo e manipulador que se desenvolveu ao longo de décadas por parte de Schneider, bem como histórias exclusivas sobre supostos pedófilos presentes no set durante as gravações das tais séries.

Denúncias recentes contra Schneider foram engatilhadas após a publicação do livro Estou Feliz que Minha Mãe Morreu (2022), de Jennette McCurdy, estrela de iCarly. No best-seller, a ex-atriz narrou que um “criador” (sem citar Schneider) a forçou a beber álcool e fazia massagens nela sem permissão.

Assim que o trailer saiu, o porta-voz de Dan Schneider divulgou uma nota para a imprensa dizendo: “Ele se preocupava com as crianças em seus programas, mesmo quando às vezes suas próprias famílias, infelizmente, não o faziam. Ele entendeu o que eles estavam passando e foi o maior defensor deles.”

Entre 2017 e 2018, a ViacomCBS (atual Paramount Global, conglomerado dono da Nick), lançou uma investigação sobre o comportamento de Schneider no set. Não foi encontrada nenhuma evidência de má conduta sexual, mas foi confirmado que ele era verbalmente abusivo.

Dan Schneider, que foi um ator teen, acabou sendo demitido da Nickelodeon em 2018, fim de um vínculo trabalhista de 25 anos.

Veja o trailer de Silêncio no Set (em inglês):


Siga o Diário de Séries no WhatsApp

Acompanhe o Diário de Séries no Google Notícias

Siga nas redes

Fale conosco

Compartilhe sugestões de pauta, faça críticas e elogios, aponte erros… Enfim, sinta-se à vontade e fale diretamente com a redação do Diário de Séries. Mande um e-mail para:
contato@diariodeseries.com.br
magnifiercross
error: Conteúdo protegido!