BOMBA!

Críticos detonam Explosivos, nova comédia da Netflix: ‘Pior série do ano’

Drama cômico de ação da Netflix vem dos criadores de Cobra Kai
DIVULGAÇÃO/NETFLIX
Shelley Hennig na série Explosivos
Shelley Hennig na série Explosivos

Com sexo, nudez, drogas e muitas piadas de duplo sentido, Explosivos é uma trama de ação estilo filme de Sessão da Tarde, mas para maiores de 18 anos. Os críticos não aprovaram esse combo. A mais nova comédia da Netflix, lançada na última quinta-feira (30), foi alvo de uma das avaliações mais negativas e pesadas registradas nos últimos tempos, categoricamente rotulada de “pior série do ano.”

Os especialistas não pouparam palavras duras contra o drama cômico de ação dos criadores de Cobra Kai, este sim um hit incontestável da plataforma do tudum. A consequência disso foram avaliações ruins em sites agregadores de reviews da imprensa de língua inglesa: nota 46 (de 100) no Metacritic; 47% (tomate podre) no Rotten Tomatoes.

Aramide Tinubu, do site Variety, afirmou que Explosivos é “horrível de assistir, uma mistura desnorteante de bobagens repletas de pênis e explosivos”. Pelo ponto de vista dessa crítica, a atração “é cheia de cenários e estereótipos que são mais estupidamente ofensivos do que uma paródia divertida.”

Outra análise carregada de veneno foi a do jornal londrino The Telegraph, que soltou a bomba logo no título do texto assinado por Anita Singh: “Explosivos é uma fantasia adolescente sem cérebro que é o novo ponto baixo da Netflix”. Foi a jornalista que decretou que “a busca acabou: esta é a pior série de 2023. A não ser que você seja um garoto de 13 anos, daí eis o produto dos seus sonhos.”

Já o também britânico The Guardian mostrou que apoia os inimigos dos heróis da narrativa: “Esse thriller é tão ruim que você acaba torcendo para os vilões detonarem a arma nuclear”. A jornalista Leila Latif afirma que a produção da Netflix é “grosseira, sexista e tão sem graça que chega a doer.”

Kenneth Seward Jr., do site IGN, até viu uma ou outra coisa boa em Explosivos, mas a conclusão foi a de “oportunidade perdida, pois apesar de a premissa prometer bastante, muito pouco da desenfreada série é realmente engraçado.”

A boa premissa também foi destacada por Daniel Fienberg, do site The Hollywood Reporter. Mas ele aponta um problema de execução: “A verdade é que por melhor que seja a premissa, é uma premissa para um filme de 95 minutos, não para um série de oito episódios”. Para ele, isso torna a série chata na metade do caminho, porque as mesmas piadas são contadas e o núcleo narrativo é esquecido.

Trama e elenco de Explosivos

A série desenrola a missão de uma equipe de forças especiais de elite em Las Vegas. O time consegue impedir uma ameaça mortal, mas após a festa de comemoração, recheada de bebida, drogas e sexo, os agentes descobrem que a bomba que desativaram era falsa. 

A equipe, agora embriagada, tem que lutar contra suas deficiências, superar seus problemas pessoais, encontrar a verdadeira bomba e salvar o mundo.

O elenco é encabeçado por Shelley Hennig (Teen Wolf) e Nick Zano (Legends of Tomorrow), acompanhados por C. Thomas Howell (Seal Team), Kimi Rutledge (Shrill), Paola Lázaro (The Walking Dead), Terrence Terrell (B Positive), Carl Lumbly (A Queda da Casa de Usher), Alyson Gorske (Falando a Real) e Eugene Kim (O Poder e a Lei).


Siga o Diário de Séries no WhatsApp

Acompanhe o Diário de Séries no Google Notícias

Siga nas redes

Fale conosco

Compartilhe sugestões de pauta, faça críticas e elogios, aponte erros… Enfim, sinta-se à vontade e fale diretamente com a redação do Diário de Séries. Mande um e-mail para:
contato@diariodeseries.com.br
magnifiercross
error: Conteúdo protegido!